A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

02/06/2013 10:02

Mulher mata marido a facadas na aldeia Bororó

Luciana Brazil
Ivonete confessou o crime aos líderes indígenas. (Foto:Dourados News)Ivonete confessou o crime aos líderes indígenas. (Foto:Dourados News)

Uma indígena de 26 anos matou o marido esfaqueado, na noite de ontem, na aldeia Bororó, em Dourados. Valdenilson Moreira, 36 anos, levou facadas no pescoço e nas costas. Ivonete Valdez Lopes confessou o crime e disse ter agido em legítima defesa. Ela chegou a dar outra versão para o crime, mas depois assumiu o homicídio e contou que era constantemente agredida pelo marido.

Veja Mais
Desmoronamento afeta único acesso pavimentado a município de MS
Caminhão carregado com mais de 12 toneladas de agrotóxico é apreendido na BR-163

Na primeira versão para o crime, Ivonete disse que Valdenilson teria chegado em casa acompanhado de outro dois indígenas. Os três teriam ficado no quintal ingerindo bebida alcoólica, quando começaram a discutir, e o marido teria sido esfaqueado.

Ainda ontem, de acordo com o site Dourados News, Ivonete acabou confessando o crime e disse aos líderes indígenas que matou o marido porque ele chegou em casa bêbado e teria a agredido com socos e chutes. Ela disse também que o marido tentou bater em sua cabeça com um rádio.

Com uma faca, Ivonete atingiu o marido nas costas. Valdenilson saiu da residência depois de ser agredido, e quando voltou, bateu na esposa novamente. Ivonete pegou a faca e deu outro golpe no pescoço da vítima.
Ela foi autuada em flagrante por homicídio e encaminhada para a 1° DP (Delegacia de Polícia).




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions