A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

28/06/2013 22:50

Mulher morre atropelada ao impedir que filha fosse assassinada

Nadyenka Castro

Teresinha Salvalaggio Ricken, 52 anos, morreu atropelada no início da noite desta sexta-feira, em Ivinhema, a 282 quilômetros de Campo Grande, ao tentar impedir que a filha fosse morta pelo ex-marido.

Veja Mais
Segunda fase do Enem acontece amanhã e domingo; 488 pessoas participam em MS
STF investiga contas de Geraldo e quer depoimento até de ex-prefeito morto

De acordo com registro policial, o ex-esposo da filha de Terezinha não aceitava o fim do relacionamento. Por volta das 18 horas de hoje, ele a viu com o atual namorado e, com uma faca, ameaçou matá-la.

O casal namorava na cabine da carreta dirigido por ele, em frente à casa de Terezinha. Ao ver a ameaça, a mulher correu para impedir que a filha fosse esfaqueada e subiu no estribo do veículo.

Ela foi então puxada pelo ex-genro e caiu no asfalto. No mesmo momento, o atual namorado da filha saiu com a carreta e passou por cima de Terezinha, que morreu no local.

O caso foi registrado como homicídio culposo (sem intenção de matar).




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions