A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

10/06/2014 16:02

Mulher que cometeu suicídio após matar filha já fugiu de clínica

Marta Ferreira e Caroline Maldonado
A faca que, segundo a Polícia, foi usada pela mãe para matar uma filha e ferir a outra. (Foto: Tribuna Livre)A faca que, segundo a Polícia, foi usada pela mãe para matar uma filha e ferir a outra. (Foto: Tribuna Livre)

A Polícia Civil deve começar, a partir de sexta-feira (13), a ouvir os depoimentos de familiares e amigos da mulher que, segundo o registro policial, cometeu suicídio, nesta madrugada, depois de matar a filha de 14 anos e de ferir, com golpes de facão, a outra filha, de 8 anos, que está no hospital. A família está em choque, principalmente o pai das meninas, de quem a mulher estava em processo de separação, segundo as informações apuradas até agora sobre o caso. Há relatos, ainda, de que ela tomava medicamentos e já havia fugido de uma clínica após ser internada.

Os corpos de Luzia Marques de Souza Cavalcante, de 38 anos, e da adolescente Sara de Souza Cavalcante estão sendo velados na Casa de Velório do município. O pai de Sara e de Saila, a menina de 8 anos ferida por Luiza, Cláudio José de Jesus Cavalcante, 42 anos, de quem ela estava se separando, está se dividindo entre os funerais e o acompanhamento da criança que está na na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Santa Casa de Misericórdia. O sepultamento dos corpos foi marcado para amanhã.

O irmão de Luzia, Pascoal Marques de Sousa, 43 anos contou ao Campo Grande News que o casal brigava muito e por isso já se separou várias vezes. “Era uma bagunça a relação deles, separava e voltava, então eu nem sei como que eles estavam agora”, diz o irmão. Ele contou, ainda, que Luzia era uma pessoa de difícil diálogo e que havia ficado em uma clínica por problemas psiquiátricos. “Ela foi internada há uns três meses, mas ela escapou da clínica e estava tomando remédios”, afirmou.

Veja Mais
Mãe que cometeu suicídio é velada junto com a filha morta por ela
Mãe mata filha de 14 anos, fere outra, de 8 anos, e comete suicídio

O marido de Luzia esteve na delegacia hoje, mas segundo informaram policiais civis mal teve condições de falar, em razão do estado em que se encontra. Ele não estava na casa quando tudo aconteceu, segundo o que foi apurado pelos policiais.

A Polícia aguarda o resultado da perícia, que vai mostrar como estava a cena da tragédia. Até agora, segundo as informações repassadas, o que se sabe é que a mulher matou uma das filhas a facadas, tentou matar a outra e depois se matou, se enforcando com o fio de um secador, amarrado à grade uma janela. Ela tentou, conforme as informações levantadas até agora, usar o fio para enforcar as filhas também. Elas pediram por socorro e chegaram a ser levadas pelo hospital, onde a mais velha morreu. No imóvel, havia rastro de sangue que levou até a mãe, achada morta no quarto. Os policiais tiveram de arrombar a porta. A luz do local ainda estava acesa.

As meninas, conforme o registro policial, foram feridas no quarto onde dormiam. Havia muito sangue em uma das camas. No local, foi encontrada uma carta, que seria uma espécie de despedida da mulher. Foram apreendidos, ainda, o facão usado pela mulher, um celular, um livro, um ferro de passar roupa, um cadeado e o secador cujo fio foi usado para o enforcamento de Luzia.

 

Mãe que cometeu suicídio é velada junto com a filha morta por ela
Está previsto para as 12h30 o velório da mulher que cometeu suicídio e matou a filha, de 14 anos, além de tentar matar outra filha, de 8 anos. Os cor...
Idoso sofre sequestro relâmpago por supostos vendedores na fronteira
Idoso de 61 anos e brasileiro, sofreu um sequestro relâmpago na manhã deste domingo (4), enquanto descia do seu veículo para realizar compras no lado...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions