A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

13/04/2011 22:34

Mulher se apresenta à polícia e confessa ter matado marido com machado

Paulo Fernandes

Enteada pode ter sofrido abusos sexuais.

Mulher e filha acusadas de matar o funileiro José Aparecido dos Santos, de 50 anos, se apresentaram nesta quarta-feira à 1ª Delegacia de Polícia Civil de Coxim (260 km de Campo Grande).

A esposa Silvana Pereira de Amorin disse que elas cometeram o crime porque o marido abusava sexualmente da enteada. A informação é do site Coxim Agora.

Em mensagem de celular enviada a um policial militar, as duas contam que planejaram o assassinato para acabar com os abusos. Além disso, elas dizem terem sido ameaçadas de morte.

“Eu não quero ser mais capacho sexual de padrasto; ele falou que se eu não fizesse sexo com ele, iria nos matar; eu quero viver, por isso, eu sentei na cadeira para conversar com ele e minha mãe desferiu o golpe com o machado”, diz a mensagem.

Apesar de no registro de nascimento da jovem constar o nome de José Aparecido, a garota diz que o funileiro era apenas o padrasto.

As duas irão responder ao processo em liberdade, por se tratar de crime contra a honra.

José Aparecido foi encontrado na tarde de ontem caído, com o machado cravado no rosto.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions