A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 22 de Fevereiro de 2017

06/02/2012 08:51

Após ser detida, mulher tira a roupa e desacata policiais

Wendell Reis

Uma mulher foi detida por disparo de arma de fogo, ameaça, desacato, desobediência e resistência na madrugada desta segunda-feira (6), por volta de 1 hora, no município de Nova Andradina. Os policiais chegaram até a rua Pedro da Rocha Liberato, no bairro Morada do Sol, após receberem a denúncia de que uma mulher de 23 anos efetuou alguns disparos de arma de fogo.

No local, os policiais ficaram sabendo que a jovem discutiu com uma vizinha e após a briga, pegou um carro, parou em frente a casa da rival e efetuou dois disparos. Entretanto, as munições não foram deflagradas. Segundo a vítima, a acusada atirou novamente e conseguiu fazer um disparo para o alto. Após isso, foi embora, mas retornou novamente e disse que mataria a vizinha.

Os policiais foram em busca da acusada e a localizaram em frente à residência dela, ao lado do veículo. Questionada sobre a acusação, a mulher negou. Os policiais não encontraram a arma. Porém, durante revista, a mulher passou a desacatá-los, dizendo: “Vocês são uns policiais de merda. Não valem nada. Aqui não tem homem pra me prender. Polícia tem que prender bandido. Eu sou inocente”.

A Polícia teve que usar a força para conduzi-la até a viatura. Na delegacia, a mulher começou a se despir, deixando os seios à mostra. Em seguida, baixou o short e declarou: “Eu sou gostosa”, afirmando que os policiais queriam manter relações sexuais com ela. Os policiais relataram que a mulher simulava estar com distúrbios mentais e gritava de maneira descontrolada. A Polícia vai investigar o caso, já que não encontrou arma e nem projétil para provar a materialidade dos disparos.

Dupla chega armada em ginásio, ordena que todos deitem no chão e atira em homem
Alex Sandro Ramires, 28, foi atingido por tiro disparado por homens que chegaram armados com pistola em uma quadra de esportes. O crime aconteceu às ...
Prefeitura perde na Justiça e terá que pagar retroativos a professores
Em decisão tomada por unanimidade pelos desembargadores da 1ª Câmara Cível do TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), a prefeitura de Ivin...
Após relato sobre caça e extração ilegal de madeira, PMA apreende arma
Após receber denúncias de extração ilegal de madeira e caça ilegal sendo praticadas em Ivinhema - município localizado a 282 km de Campo Grande -, um...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions