A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

18/07/2014 10:02

No Sul de MS, ventos durante temporal da madrugada atingiram 91 km/h

Bruno Chaves
Em Corumbá, as rajadas de ventos foram de 70km/h, onde é impossível caminhar (Foto: Anderson Gallo/Diário Corumbaense)Em Corumbá, as rajadas de ventos foram de 70km/h, onde é impossível caminhar (Foto: Anderson Gallo/Diário Corumbaense)

A frente fria que chegou ao Mato Grosso do Sul no final da tarde ontem (17) afetou, principalmente, municípios da região Sul. Com a presença das chuvas, as temperaturas caíram e os ventos chegaram até os 91 quilômetros por hora em Ponta Porã, a 323 quilômetros de Campo Grande. Os dados são do Cemtec/MS (Centro de Monitoramento de Tempo, do Clima e dos Recursos Hídricos).

Veja Mais
Árvore cai sobre telhado de casa e assusta idoso de 83 anos
Vento de 88,2 km/h derruba árvores, outdoors e deixa bairros sem luz

“Ela [frente fria] vem sempre do Sul do continente e chega ao Estado pelas cidades de Porto Murtinho, Caracol, Bela Vista, Antônio João, Ponta Porã e outras. Essas são regiões onde sempre chove primeiro. Depois, a frente fria segue do Sudeste para o Nordeste”, explicou a meteorologista Cátia Braga.

Segundo a profissional do tempo, a região Sul é a que mais sofre com ventanias e ventos fortes. Em Ponta Porã, por exemplo, os ventos chegaram a 91 km/h, “velocidade caracterizada por vendaval e danos em edificações”. As chuvas somaram 27,8 milímetros desde ontem. “Esse é um vento muito forte, que pode destelhar casas e derrubar árvores”, completou. A menor temperatura na cidade foi registrada às 8h de hoje, 14,5ºC.

Em Porto Murtinho, cidade a 431 quilômetros da Capital, onde é comum o registro de problemas ocasionados pelas fortes chuvas, a frente não prejudicou. Hoje, a menor temperatura foi registrada às 8h. Os ventos chegaram aos 55 km/h entre às 19h e 20h de ontem. Já as chuvas atingiram os 38,2 mm.

Conforme o Corpo de Bombeiros da cidade, o nível do rio Paraguai subiu três centímetros, mas o fato não traz alerta para possíveis alagamentos, já que as águas vêm baixando de um a dois centímetros por dia, há 10 dias.

Outros municípios do Sul como Amambai, Ivinhema, Juti, Maracaju e Sete Quedas também ficaram em alerta por causa das chuvas e dos ventos da madrugada de hoje. Sete Quedas amanheceu gelada, com os termômetros marcando 13,3ºC às 8h desta sexta-feira (18). Por lá, os ventos atingiram 60 km/h, considerados fortíssimos, e a quantidade de chuva ficou em 40,4 mm.

Em Amambai, a temperatura atingiu 15,5ºC às 8h e os ventos ultrapassaram os 45 km/h, com chuvas de 27,8 mm. Na cidade de Ivinhema, as rajadas atingiram 60,84 km/h e a temperatura foi a 17,1ºC na madrugada. Ao todo, foram 24,4 mm de chuva. O tempo também mudou em Maracaju e Juti. Na primeira cidade os dados registrados foram 17,2ºC de temperatura, com ventos de 52,56 km/h a maia noite. Na segunda, os termômetros atingiram 16,9ºC às 8h e os ventos 48,9 km/h às 23h de ontem.

Nas regiões de Corumbá, Dourados e Três Lagoas, as rajadas de ventos foram além dos 40 km/h. Na Cidade Branca, conhecida por suas altas temperaturas, os termômetros ficaram nos 20º a meia noite de ontem. Os ventos foram de 70km/h, onde é impossível caminhar. Choveu 14 mm.

Dourados teve madrugada fria, com 16,9ºC às 3h. Choveu 15,4 mm e os ventos atingiram os 43 km/h. Em Três Lagoas, as rajadas passaram os 51,8 km/h. Os termômetros ficaram em 16,6ºC e as chuvas em 6,6 mm.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions