A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

13/07/2012 09:10

OAB cobra instalação de novas varas da Justiça Federal na fronteira

Aline dos Santos

A OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil) cobrou a instalação de novas varas da Justiça Federal na região de fronteira de Mato Grosso do Sul. As reclamações foram repassadas ontem ao presidente do TRT 3 (Tribunal Regional Federa da 3ª Região), desembargador federal Newton de Lucca.

Veja Mais
Homem é baleado após agredir suspeito envolvido em acidente
Mulher é morta a facadas e corpo é encontrado por parentes em sofá da sala

"Pleiteamos um vara da Justiça Federal em Amambai, já que nossa região tem uma população de 108 mil pessoas", afirmou Leopoldo Azuma, presidente da subseção da OAB no município. Amambai hoje faz parte da comarca de Ponta Porã.

"A comarca está extremamente abarrotada, está complicado a vida, já que temos muitos processos federais, devido à fronteira", completou Azuma. Segundo ele, a prefeitura já se comprometeu a doar um terreno para a construção do prédio da Justiça Federal.

Em Chapadão do Sul, também há problemas. "Para protocolar um documento na Vara Federal, ou mesmo realizar uma movimentação, o advogado tem que ir ou para Três Lagoas, a 322 km de distância, ou para Campo Grande, a 320 km. A distância dificulta, e muito, a vida do advogado, precisamos de uma vara em Chapadão do Sul", pleiteou Maria Ivone Aguiar Gnoatto, presidente da OAB no município.

A Corumbá receberá em breve um novo prédio da Justiça Federal. "A demanda na cidade está muito grande, temos mais de 4,5 mil processos. Hoje o prédio da Justiça Federal está em uma situação que não atende a demanda da cidade, esperamos que com uma nova sede a situação possa se normalizar", salienta Luiz Fernandes Toledo Jorge, presidente da Ordem no município. O terreno para a obra da nova sede já foi doado pela prefeitura e fica na rua 21 de Setembro.

Presidente da OAB em Mundo Novo, Jamil El Kadri também pediu uma nova Vara Federal a ser instalada no município. “A Justiça Federal na região está sobrecarregada, em especial devido aos crimes de fronteiras, que acabam todos na comarca de Naviraí. Com uma nova vara em Mundo Novo, não só a cidade é beneficiada, mas também toda a região", afirmou.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions