A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

13/12/2010 15:28

OAB pedirá revogação de portaria que prevê prisão por mau uso de cozinha

Angela Kempfer

Sub-Título

A Ordem dos Advogados em Mato Grosso do Sul anunciou hoje que pedirá a revogação da portaria assinada pelo juiz de Bataguassu que estabelece punições aos servidores do fórum do município que fizerem mau uso da cozinha.

Segundo o presidente da OAB, Leonardo Duarte, “há exagero evidente em se disciplinar o acesso à cozinha dos fóruns e a positivar regras que deveriam ser geridas pela razoabilidade, como a proibição de conversas nas áreas de trabalho do Fórum de Bataguassu”.

O juiz Alessandro Leite Pereira, diretor interino do Fórum, diz que recebeu várias reclamações sobre mau atendimento e baixou a portaria 83/2010.

O 1º artigo estabelece que fica terminantemente proibido o acesso de estranhos à cozinha do Fórum e de igual modo a permanência dos funcionários no local. O 2º ponto restringe a utilização do espaço às atividades relacionadas ao trabalho forense, sendo permitido o uso do fogão apenas para fazer chá e café.

A portaria prevê punição até ao policial militar que faz a segurança do prédio, caso ele se recusar a prender quem estiver na cozinha acima do tempo permitido.

No dia 25 de novembro, quando a portaria entrou em vigor, o presidente da OAB de Bataguassu entrou em contato com o juiz e, mas só conseguiu mais regras sobre os funcionários.

Ele determinou então horário das 8h às 8h20 para que uma funcionária da OAB entre na cozinha e faça o café destinado aos advogados, ressaltando que os utensílios e ingredientes devem ser da própria OAB.

No segundo artigo, estabelece que entre apenas uma funcionária de cada vez e proíbe que estas fiquem de “algazarra e balbúrdia” ou que façam qualquer tipo de brincadeiras de mau gosto com os servidores.

Para juiz de Bataguassu, portaria polêmica não ameaça quem trabalha direito
O juiz Alessandro Leite Pereira, diretor em substituição legal do Foro da Comarca de Bataguassu, no dia 25 de novembro baixou a portaria 83/2010, que...
Crescimento populacional eleva repasse federal para 4 cidades de MS
As prefeituras de Angélica, Nova Andradina, Paranhos e Três Lagoas, terão aumento em 2017, no repasse do FPM (Fundo de Participação dos Municípios), ...



Parabens Dr Alessandro!
O senhor está absolutamente correto. O lugar de atendimento, audiência, debates e julgamentos não é a cozinha. Quando não se faz cafezinho, certamente a fofoca e a malandragem campeiam.
 
cicero antonio da silva em 14/12/2010 07:25:37
Se todos os juizes fossem iguais ao Dr. Alessandro Leite, a justiça estaria sim mais eficaz em assunto de cozinha, porque de processo...
 
Carlos Roberto da Silva em 14/12/2010 07:19:11
Bom dia a Todos, VCs imaginam um Juiz deste como Juiz Diretor do Foro ou como Deus me Livre, um Presidente do Tribunal de Justiça???
Como deve ser o "ambiente" entre os Servidores do Cartório deste Magistrado.
Isto é Autoritarismo e nada tem a ver com "Organização ou Celeridade" do Poder Judiciário.
 
Euler Rolon em 14/12/2010 07:19:06
olha por que Ese juiz nao vai atras de bandido e vez de fica pegano no pe de servidores
 
maria de fatima em 14/12/2010 07:13:01
Eu não gostaria de trabalhar nunca em um lugar desses, nem o exército deve ser assim como este juiz quer transformar este fórum. É UMA VERGONHA.
Eu tenho uma empresa, e acho que o trabalho rende quando o funcionário é bem tratado, e não como este "juizinho" quer fazer.

 
Murilo Esteves em 13/12/2010 11:42:56
isso e coisa de quem na
o tem o que fazer
 
laci cardoso em 13/12/2010 10:08:43
Disciplina é sempre bem vinda, sobretudo em ambiente de trabalho. Parabéns ao Juiz Alessandro Leite.
 
Ramona Aristimunha em 13/12/2010 06:04:57
Conheço as dependencias do Fórum desta comarca, como também muitos funcionários.
E posso garantir que em algumas oportunidades em que passei por ali, pude perceber que o ascesso as dependencias da cozinha era também utilizado por Juiz, Defensor, Promotor e advogados.
E não vi mal algum nisso, nem algazarra ou falta de educação com quem quer que seja.
Além do mais, se não me engano tem uma lei que aprova ao menos 15 min. de descanso para quem trabalha 6 horas, e 30min. para quem tem a carga horária de 8 horas.
O atendimento deste Fórum por sinal é muito bom e não deixa a desejar.
O que parece pesado é o clima entre os funcionários, mas contudo, podemos ja imaginar o porque do ambiente de serviço ser pouco hospitaleiro.
 
Adalberto Moraes em 13/12/2010 05:19:58
Boa tarde, se todos os juizes fosse igual ao Dr. Alessandro Leite, a justiça seria mais eficaz.
 
Lindoval Pereira Veiga em 13/12/2010 03:52:58
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions