A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

10/05/2013 08:21

OAB visita penitenciária e advogados em Naviraí para orientar profissionais

Luciana Brazil
Caravana das Prerrogativas leva a profissionais de advocacia esclarecimentos sobre o exercício da profissão. (Foto:Divulgação)Caravana das Prerrogativas leva a profissionais de advocacia esclarecimentos sobre o exercício da profissão. (Foto:Divulgação)

Integrantes da OAB-MS (Ordem dos Advogados do Brasil de Mato Grosso do Sul), intitulados como Caravana das Prerrogativas, visitaram, ontem, em Naviraí, a Penitenciária de Segurança Máxima, o Fórum e os escritórios de advocacia. A intenção é levar aos profissionais de direito o amparo da Ordem, levando informação de seus direitos no exercício da profissão.

Veja Mais
Força Nacional vai continuar por mais 30 dias em área onde índio foi morto
Apenas 60% dos inscritos no Enem participam da segunda prova em MS

Para o presidente da OAB-Ms, Júlio Cesar Souza Rodrigues, o advogado precisa estar ciente do apoio que recebe da instituição. “O advogado precisa estar ciente que pode contar com a Ordem quando se sentir desrespeitado no exercício de sua profissão. Queremos ouvi-los sempre, para melhor representá-los”, destacou.

Além do presidente, participaram da visita o conselheiro estadual da Ordem, Alcindor Mascarenhas Neto e o presidente da Subseção de Naviraí, Emanuel Ricardo Marques.

Durante as visitas, aos escritórios da cidade e os advogados receberam a “Cartilha das Prerrogativas” com informações do SOS Prerrogativas, canal disponível 24 horas por telefone, para atender o profissional. “É de extrema relevância essa preocupação da Ordem em se aproximar dos advogados do interior e ouvir suas reivindicações. Queremos contar com o apoio da Seccional para trazer cursos aos profissionais do município”, disse o diretor da Escola Superior de Advocacia (ESA) de Naviraí, Fauze Walid Selem.

Em visita a penitenciária, com 428 presos, os representantes da Caravana foram recebidos pelo diretor João Joaquim Felipe, que mostrou o funcionamento do estabelecimento penal: celas, refeitório, biblioteca, área de lazer e a sala da OAB.

Segundo Júlio César, o principal objetivo foi levantar a atual situação do local, as condições e horários para o atendimento entre o advogado e o cliente, além de avaliar o funcionamento e a liberação de alvarás de soltura. “Vamos melhorar a sala da OAB, trocar os equipamentos existentes como computador e impressora, por mais novos, possibilitando assim, um melhor trabalho dos profissionais da região Sudoeste do Estado”.

No fim do evento, uma palestra de orientação foi realizada para os profissionais sobre a importância da liberdade no livre exercício da advocacia.

 

Trabalhador morre ao sofrer descarga elétrica durante conserto de bomba d'água
José Antônio Farias, 51, morreu após sofrer uma descarga elétrica enquanto arrumava uma bomba d'água às margens de uma lagoa, no distrito de Lagoa Bo...
Ciclista morre ao ser atingido por vários tiros disparados por dupla em moto
Wellington Ronaldo de Souza, 34, foi morto a tiros ao ser abordado por dois homens que estavam em uma moto. O homicídio aconteceu às 20h30 de domingo...



Até a OAB fecha os olhos para os problemas maiores que é a superlotação nos estabelecimentos.
 
luiz alves em 10/05/2013 08:55:41
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions