A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

01/08/2015 09:58

Operação atingiu objetivo e elevou segurança na fronteira, diz CMO

Renata Volpe Haddad
Fiscalização em embarcações foram realizadas durante Operação Ágata e cerca de 50 mil embarcações e veículos foram fiscalizadas. (Foto: Divulgação)Fiscalização em embarcações foram realizadas durante Operação Ágata e cerca de 50 mil embarcações e veículos foram fiscalizadas. (Foto: Divulgação)

A Operação Ágata 9 iniciada em 22 de julho, encerra as ações hoje (1). Segundo o CMO (Comando Militar do Oeste), a ação atingiu todos os objetivos propostos. Em duas semanas de atuação da Área de Operações Oeste, foram apreendidas cerca de quatro toneladas de maconha, 1.260 m³ de madeira ilegal, 13 mil litros de combustível e efetuadas 34 prisões.

Veja Mais
Operação Ágata 9 já apreendeu R$ 306 mil em produtos contrabandeados
Operação Ágata 9 apreende 4 toneladas de maconha no quinto dia de ação

A Operação intensificou a presença de Mato Grosso do Sul na Faixa de Fronteira, combatendo crimes fronteiriços como narcotráfico, contrabando de armas, munições e veículos, contrabando, descaminho e crimes ambientais.

Nesses dias, foram realizadas também 50.362 vistorias em veículos e embarcações, além de serem realizadas 9 interceptações de aeronaves suspeitas.

Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná e Rondônia compreendem a Área de Operações Oeste, com cerca de 4,5 mil km de fronteira do Brasil com a Bolívia e o Paraguai.

Além do combate aos ilícitos nas fronteira e ambientais, a Operação Ágata 9 realizou Ações Cívico-sociais, levando atendimento médico, odontológico e hospitalar para populações que vivem em localidades isoladas e menos assistidas.

Foram realizados 4.027 atendimentos médicos, 2.675 atendimentos odontológicos, 6.653 atividades de prevenção de saúde e distribuídos 11.500 medicamentos.

Inspeção naval também fez parte da Operação que teve presença de Área de Operações Oeste. (Foto: Divulgação)Inspeção naval também fez parte da Operação que teve presença de Área de Operações Oeste. (Foto: Divulgação)

Operação – Cerca de 11 mil militares da Marinha, Exército e Força Aérea, em integração com aproximadamente 600 agentes das Polícia, Federal, Rodoviária Federal, Militar e Civil e de diversas agência governamentais, participaram da Operação.

Ibama, Receita Federal, Iagro, Defesa Civil, Funai, DOF, Anac, Grupo Especial de Fronteira do Mato Grosso e Anvisa, também fizeram parte das ações.

Foram empregadas 340 viaturas, 76 embarcações e 26 aeronaves das Forças Armadas. A Operação foi coordenada pelo Ministério da Defesa, por meio do EMCFA (Estado Maior Conjunto das Forças Armadas) e contou com a participação do Ministério da Justiça e da Fazenda.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions