A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

06/05/2011 11:12

Operação contra caça apreendeu 12 armas e teve de usar helicóptero

Angela Kempfer
Material apreendido pelo Ibama, em conjunto com a PF.Material apreendido pelo Ibama, em conjunto com a PF.

Operação na noite de ontem, envolvendo Polícia Federal e Ibama em Corumbá apreendeu 12 armas de fogo e centenas munições, a maioria de uso restrito das forças armadas. Seis são espingardas.

Segundo a assessoria da Polícia Federal, também foram recolhidos objetos usados especificamente para caçar onça e peças produzidas com pele dos animais abatidos e até o couro de uma sucuri.

A ação teve apoio do helicóptero Pantera, do 3º Batalhão de Avião do Exército.

Na avaliação da PF, esse auxílio foi essencial por causa do isolamento da zona rural, por conta da cheia na região.

A apreensão ocorreu em fazenda localizada a cerca de 120 km do centro de Corumbá, no alto Pantanal.

A propriedade fica quase na divisa com o município de Aquidauana.

Safáfi pantaneiro - Ação é um desdobrando da Operação Jaguar I. Em julho do ano passado, a quadrilha presa no ano passado cobrava de turistas pelo menos 1,5 mil dólares para participar da caça. Esse preço, segundo divulgado, era cobrado por animal abatido.

Nesta ação, foram detidos seis turistas que se preparavam para um safári em uma propriedade particular, em Sinop (MT), entre os quais quatro argentinos, um paraguaio e um policial militar de Mato Grosso.

Da quadrilha, foram presas quatro pessoas. À época, o dentista Eliseu Augusto Sicoli foi apontado como líder da quadrilha. Também foi identificado como integrante do bando Marco Antônio Moraes de Melo, o Tonho da Onça, que era tido como um caso simbólico de conversão de caçador de onça em colaborador com as ações de proteção ao animal.

Depois de ser considerado o maior caçador de onças pardas e pintadas do Brasil, com 600 abates no currículo, ele passou a auxiliar, desde 1990, o Ibama e entidades ambientalistas e acabou sendo indiciado na operação do ano passado, mas não chegou a ser preso.

Dois homens são presos por suspeita de estupro de adolescentes
Dois homens foram presos por estupro de vulnerável em Laguna Carapã, 287 km de Campo Grande. Eles têm 28 e 24 anos e teriam tido relação sexual com a...
Dupla armada invade madeireira e rouba dinheiro do pagamento de funcionários
Dois homens armados invadiram uma madeireira e roubaram R$ 15 mil por volta das 15h30 de ontem (9) no Distrito Industrial de Dourados - distante 233 ...
Homem tem carro roubado por assaltantes armados na MS- 289
Assaltantes armados renderam o condutor de um veículo modelo Vectra e roubaram o carro por volta das 23h desta sexta-feira (9) na MS-289, em Amambai ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions