A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

16/05/2011 12:06

Operação contra fraude em verbas da saúde tem 6 mandados de prisão em MS

Aline dos Santos

A “Operação Saúde”, realizada pela PF (Polícia Federal) em sete Estados, tem seis mandados de prisão para Mato Grosso do Sul. A polícia não divulga os nomes, mas confirmou a prisão de duas pessoas em Dourados e uma em Glória de Dourados. Informações extra-oficias dão conta que foram presas pessoas em Juti e Jardim.

Ao todo, a operação vai cumprir 64 mandados de prisão no Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará e Rondônia.

Os mandados foram expedidos pela Justiça Federal de Erechim (Rio Grande do Sul).

Com a instauração de inquérito policial em 2007, foram constatados desvios de verbas públicas destinadas pelo governo federal à compra de medicamentos para distribuição à população atendida pelo Programa de Assistência Farmacêutica Básica, conhecido como Farmácia Básica.

Conforme a PF, três organizações concentravam sua atuação no pequeno município gaúcho de Barão de Cotegipe. O município também aparece como local de busca e apreensão na “Operação Questor”, que investiga fraudes com recursos do governo federal na prefeitura de Ladário.

Medicamentos – De acordo com a PF, a “Operação Saúde” identificou diversas formas de fraudes, como desvio de verbas destinadas à compra de medicamentos mediante falta de entrega da mercadoria licitada, entrega parcial ou entrega de produto diverso ou com data de vencimento muito próxima.

A distribuição dos lucros gerados com as fraudes se dava entre as empresas e servidores públicos municipais envolvidos. Dentre os presos, 34 são servidores públicos.

Para apenas um dos grupos investigados, constatou-se a movimentação de R$ 40 milhões em 2009 e R$ 70 milhões no ano passado em verbas federais.

Os presos, na medida de sua participação, podem responder pelos crimes de corrupção ativa, passiva, fraude de licitações, formação de quadrilha e peculato, e possível lavagem de dinheiro.

PF combate fraudes na compra de remédios em MS e mais 6 Estados
A PF (Polícia Federal) realiza hoje em Mato Grosso do Sul e outros seis Estados a “Operação Saúde”. A ação é realizada pela PF em Passo Fundo (Rio Gr...
Justiça determina instalação de rede de esgoto em Nova Alvorada do Sul
A Sanesul e a prefeitura de Nova Alvorada do Sul - cidade localizada a 120 km de Campo Grande - terão que criar no município rede coletora e estação ...



Quando vejo uma noticia como esta, em que a instituição policia federal coloca em exercício seu dever e por meio, deste consegue pôr em evidência um pedaço deste "iceberg" da corrupção que muitos utilizam nos "setores públicos" para proveito próprio ou de alguns poucos, eu como cidadão que pago meus impostos e que deveria usufruir de educação de "qualidade" e ao menos uma infraestrutura adequada na saúde, tenho que ler nos noticiarios "crimes" como este acontecer e o que é pior, investiga-se...acha no sujeito o criminoso e ninguem vai apodrecer no xilindró como na verdade deveria se neste país da impunidade houvesse de fato e de direito algo que a maioria desconhece:JUSTIÇA!
 
Rosana Duarte em 17/05/2011 10:37:27
Olha, uma ação explêndida da Polícia Federal. Penso que isso não pode ficar restrito , no caso de Mato Grosso do Sul, apenas a essas cidades. Deve haver muito mais que fazem esse tipo de desvios. Cadeia e devolução do dinheiro público, afinal não foi com essa intenção que o povo votou nessa camabada.
 
Antonia Maria em 16/05/2011 04:43:59
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions