A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

29/11/2013 22:45

Operação faz varredura em supostas empresas de fachada em Paranaíba

Vinícius Squinelo

O Ministério Público Federal, Estadual, PRF (Polícia Rodoviária Federal), Polícia Civil e Militar deflagraram uma grande operação em Paranaíba para investigar possíveis empresas de fachada na cidade. Uma extensa varredura, que começou por volta das 9h, foi realizada em algumas empresas; computadores e documentos foram recolhidos. As polícias também recolheram documentos em dois escritórios de contabilidade.

Veja Mais
Marido agride mulher e tenta se enforcar em seguida, mas vai preso
Empresa é multada em R$ 21 mil por transporte ilegal de etanol

Segundo informações do Jornal A Tribuna Livre, a ação contou com policiais rodoviários federais de Paranaíba, Campo Grande e Três Lagoas.

Mais de dez empresas estão sendo investigadas. Relatórios feitos pela Secretaria Municipal de Indústria e Comércio apontam irregularidades na Labbox do Brasil LTDA, Paranaíba Telecom - Indústria de Telefones Celulares LTDA, Insulma Indústria e Comércio de Metais Sul-Matogrossense, JM Indústria e Comércio de Artefatos de Metais LTDA e Simmar Comércio e Desenvolvimento Tecnológico LTDA (Confecção de roupas, calçados, móveis escolares e comercialização de produtos importados do exterior). As empresas receberam incentivos do Município e Estado, porém não cumprem com as obrigações de contrapartida.

O Jornal Tribuna Livre acompanhou de perto as ações das polícias e do MP nas instalações da Simmar, localizada na avenida Engenheiro Marcelo Miranda Soares, no Santo Antônio (mais exatamente na curva entre as avenidas Coronel Gustavo Rodrigues da Silva e Marcelo Miranda). Funcionários foram ouvidos, e as polícias recolheram documentos e computadores.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions