A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

20/08/2014 15:11

Organização do Motoshow emite nota lamentando caso de mulheres nuas

Luciana Brazil
Representantes do Rotary Club se reuniram para emitir a nota. (Foto: Perfil News)Representantes do Rotary Club se reuniram para emitir a nota. (Foto: Perfil News)

Depois da polêmica envolvendo mulheres que “desfilaram” nuas e seminuas à luz do dia em Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande, o Rotary Club, que organiza o Motoshow- evento de motociclistas que acontece há 13 anos no município- emitiu nota hoje (20) lamentando o caso. Os episódios aconteceram durante a festa e acabaram “manchando” a imagem do encontro, segundo os organizadores. O Rotary Club informou que é responsável apenas por ocorrências que aconteçam no perímetro do Arena Mix, local do Motoshow.

Veja Mais
Polícia identifica duas mulheres que ficaram nuas durante show de motos
MPE pede que polícia identifique mulheres que ficaram nuas em via pública

O comunicado oficial da entidade dizia ainda que o caso se tratava também de uma tentativa de boicotar o evento. "Sabemos do ocorrido e de pessoas contratadas para denegrir a imagem da nossa cidade. Jogaram contra nosso povo. Escoria de uma sociedade que ainda vive, nos dias de hoje, à custa do escárnio. É caso de Polícia e para nós, rotaryanos, é passado", afirmava um trecho do texto. A nota dizia também que, apesar do ocorrido, a festa foi um sucesso.

As mulheres nuas e seminuas foram flagradas percorrendo as proximidades de um posto de gasolina, onde centenas de pessoas se aglomeravam. A nudez também foi vista na extensão das avenidas Ranulpho Marques Leal e Capitão Olinto Mancini, no Jardim Alvorada. Elas "desfilavam" em carros de passeio, conversível, dirigidos por rapazes. 

Duas mulheres, uma delas de São José do Rio Preto, já foram identificadas pela polícia. Elas responderão por ato obsceno e os motoristas dos carros vão responder por co-autoria.  Todos os envolvidos são do estado de São Paulo. Apenas o nome de um mulher foi divulgado. 

De acordo com o delegado da 2ª delegacia de Três Lagoas, Rogério Fernando Faria,  além das mulheres, três veículos já foram identificados e um deles é um Porsche. Os carros são de São Paulo, São José do Rio Preto e Catanduva. Ainda não se sabe se os donos dos veículos eram os que estavam dirigindo no dia da algazarra na cidade.

O delegado contou que enviou uma carta precatória para a Polícia Civil das cidades dos envolvidos, onde serão localizados e responderão pelo crime. Uma das mulheres chegou a ficar nua enquanto que a outra desfilava só de calcinha.

A organização do Motoshow comemorou a arrecadação de fundos que serão destinados às obras de conclusão da sede da Rede Feminina de Combate ao Câncer, que em outros anos também foi beneficiada com a renda do evento.

"Interessa-nos os objetivos sociais da festa, que foram alcançados, pois contribuímos com a Rede Feminina de Combate ao Câncer, que será concluída até o final deste ano. Agradecemos à boa imprensa que noticiou a linda festa que foi realizada, pois nenhum evento deste porte se faz sem o apoio da imprensa”, termina a nota.

Apesar dos acontecimnetos, o Rotary Club apresentou toda documentação necessária para a realização da festa. Conforme o site Perfil News, durante o evento houve policiamento militar, dentro e fora do local. O Conselho Tutelar também se manifestou dizendo que não houve incidentes.

 

 

 

MPE pede que polícia identifique mulheres que ficaram nuas em via pública
O MPE (Ministério Público Estadual) enviou um ofício à Polícia Civil de Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande, pedindo que sejam identificad...
Justiça determina instalação de rede de esgoto em Nova Alvorada do Sul
A Sanesul e a prefeitura de Nova Alvorada do Sul - cidade localizada a 120 km de Campo Grande - terão que criar no município rede coletora e estação ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions