A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 19 de Abril de 2014

22/10/2013 21:04

Padrasto que espancou bebê até a morte é levado para presídio em Dourados

Vinícius Squinelo

Davidson Correia dos Santos, 25 anos, preso na noite de ontem (21) por ter espancado até a morte o enteado de apenas um ano e nove meses, foi transferido na tarde desta terça-feira (22) para a Phac (Penitenciária de Segurança Máxima Harry Amorim Costa) em Dourados.

Veja Mais
Irritado com choro, padrasto agride bebê de 1 ano e 9 meses até a morte
Pastor é induzido ao coma, mas não corre risco de morte, afirmam familiares

Segundo informações do site Dourados News, o acusado responderá por homicídio doloso (quando há intenção) por motivo fútil e também pela criança não poder oferecer resistência para poder se defender.

Santos era padrasto de Braian de Souza Silva, e morava junto com a mãe da criança na rua dos Abacateiros, no Jardim Colibri.

Ontem em depoimento a polícia, o jovem confessou o crime e disse ter ingerido bebida alcoólica antes da agressão. Enquanto apanhava do padrasto, o menor chegou a bater com a cabeça num balcão, ainda segundo o Dourados News.

De acordo com as investigações, ao observar que o menino não estava bem, Davidson ligou para a esposa, que estava trabalhando e disse que Braian havia caído da cama e machucado a boca.

Ao chegar em casa, ela percebeu que o garoto estava desacordado e acionou uma equipe do Corpo de Bombeiros que o levou ao Hospital da Vida. Chegando na unidade hospitalar, a criança já estava morta.

Depois de contar a versão do marido, a mãe foi informada que as causas da morte não seria queda e mostrava sinais aparentes de agressão. A GMD (Guarda Municipal de Dourados) estava no local e deteve o rapaz até a chegada da Polícia Militar.

No 1º Distrito Policial de Dourados, Davidson negou o crime no primeiro momento, mas em seguida acabou confessando a ação.

Na residência onde morava o acusado, a delegada Andreia Alves Pereira encontrou vestígios de sangue e sinais de roupas lavadas por ele, na intenção de ‘esconder’ a ação.

Veja Também
Pastor é induzido ao coma, mas não corre risco de morte, afirmam familiares
O pastor Rogério Humberto que sofreu um acidente na madrugada de hoje (19), ocasionado a morte de sua esposa e neto, 11 anos, foi induzido ao coma e ...
Motociclista perde controle, colide em quiosque e fica em estado grave
Um motociclista de 24 anos ficou gravemente ferido depois de sofrer um acidente na noite de ontem (18), no Centro de Miranda, distante 201 quilômetro...
“Feira do Brás” é vetada pela Associação Comercial de Ponta Porã
Depois de ser impedida em seis cidades por onde passou, a realização da Feira Itinerante do Brás, bairro de São Paulo, foi vetada em Ponta Porã. A AC...


Um caso como esse, nos faz refletir sobre a pena de morte.....
 
JUAREZ ALVES DE ANDRADE em 24/10/2013 10:50:02
mulheres vcs q tem filhos pequenos n confie em deixa com esses tipos d monstro pque existe muitos demonios com face d anjo eu espero q joguem ele la na covas dos leos pque nem entre criminosos n aceita certas atitudes deixem por favor ele apanha ate morrer como fez com essa criança so assimvao aprende pque eles acusam a bebida as drogas mais como eles mesmo n se matam n e incrivel q as drogas e so p machucar pessoas sem defesa sinto muito por essa criança q DEUS receba ele em seus braços
 
vera helena em 24/10/2013 07:41:32
Enquanto o Ministério Público não começar agir com rigor contra os Pais Covardes que abandonam menores incapazes, continuaremos lendo estes relatos de selvageria e também cada vez mais aumentando o número de menores infratores. Veja bem, isto tudo aconteceu porque um Covarde ajudou a gerar uma criança e não foi homem para criá-la e protegê-la, deixou tudo para a Mãe, esta cometeu alguns erros sim, mas pelo menos estava lutando para sustentá-lo. Então, o MP durante este processo criminal deveria intimar o Pai dessa criança e fazê-lo tomar ciência da sua responsabilidade com o menor, deveria lhe dar um Punição Rigorosa, assim serviria de exemplo para tantos outros machos que abandonam seus filhos. E quanto ao assassino para ele deveria existir pena de Prisão Perpétua com trabalho forçado.
 
Luis Acordado em 23/10/2013 21:36:27
prisão perpetua será a sentença mais justa e sem direito a visita e a banho de sol; mas como aqui é Brasil, pais governado por políticos e uma sociedade corrompida; só resta ao justo esperar em Deus.
 
JOELMA RODRIGUES BARRETO FELIPE em 23/10/2013 20:13:55
Se tem três coisas que o crime não perdoa é "jack", "x9" e assassino de crianças, esse tá com a vida feita e a miséria garantida.Vai sofrer por muitooooooooo tempo.
 
Julio Martini em 23/10/2013 17:24:22
nossa esse homem não tem coração... é falda de DEUS na vida dele, ele tem que pagar pelo que fez só depois que ele ve o que fez.... mas tem que pagar pelo seu erro!!!
 
mariele andrade marques da silva em 23/10/2013 14:49:32
Concordo com o comentário anterior, nesses casos pena de morte seria justo!!!!
A sociedade é quem vai sustentar esse!!!
 
rosana alves em 23/10/2013 09:19:58
Nossos Parlamentares, diante de tantos crimes bárbaros terá que reagir, mudando CP,CF,ETC. Mas criando pena de MORTE urgente, ou em breve a sociedade vai começar fazer justiça com as próprias mãos. Ninguem aguenta mais tanta impunidade.
 
porfirio vilela em 23/10/2013 08:20:47
Agora a conversa no presídio vai ser outra, seu covardão!! Nem preso aceita esse seu crime bárbaro!
 
MARCELLO MENDES em 22/10/2013 21:33:08

Disponível na AppStore Disponível no Google Play
  • Idalus Internet Solutions
  • Y digital intelligence
  • Rede Tendência
  • Gestão Ativa
  • 8020 Marketing
  • IVC Brasil
Desenvolvido por Idalus Internet Solutions e Y digital intelligence