A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 27 de Novembro de 2014

22/10/2013 21:04

Padrasto que espancou bebê até a morte é levado para presídio em Dourados

Vinícius Squinelo

Davidson Correia dos Santos, 25 anos, preso na noite de ontem (21) por ter espancado até a morte o enteado de apenas um ano e nove meses, foi transferido na tarde desta terça-feira (22) para a Phac (Penitenciária de Segurança Máxima Harry Amorim Costa) em Dourados.

Veja Mais
Irritado com choro, padrasto agride bebê de 1 ano e 9 meses até a morte
Polícia Federal deflagra operação para prender 5 milicianos indígenas

Segundo informações do site Dourados News, o acusado responderá por homicídio doloso (quando há intenção) por motivo fútil e também pela criança não poder oferecer resistência para poder se defender.

Santos era padrasto de Braian de Souza Silva, e morava junto com a mãe da criança na rua dos Abacateiros, no Jardim Colibri.

Ontem em depoimento a polícia, o jovem confessou o crime e disse ter ingerido bebida alcoólica antes da agressão. Enquanto apanhava do padrasto, o menor chegou a bater com a cabeça num balcão, ainda segundo o Dourados News.

De acordo com as investigações, ao observar que o menino não estava bem, Davidson ligou para a esposa, que estava trabalhando e disse que Braian havia caído da cama e machucado a boca.

Ao chegar em casa, ela percebeu que o garoto estava desacordado e acionou uma equipe do Corpo de Bombeiros que o levou ao Hospital da Vida. Chegando na unidade hospitalar, a criança já estava morta.

Depois de contar a versão do marido, a mãe foi informada que as causas da morte não seria queda e mostrava sinais aparentes de agressão. A GMD (Guarda Municipal de Dourados) estava no local e deteve o rapaz até a chegada da Polícia Militar.

No 1º Distrito Policial de Dourados, Davidson negou o crime no primeiro momento, mas em seguida acabou confessando a ação.

Na residência onde morava o acusado, a delegada Andreia Alves Pereira encontrou vestígios de sangue e sinais de roupas lavadas por ele, na intenção de ‘esconder’ a ação.



Um caso como esse, nos faz refletir sobre a pena de morte.....
 
JUAREZ ALVES DE ANDRADE em 24/10/2013 10:50:02
mulheres vcs q tem filhos pequenos n confie em deixa com esses tipos d monstro pque existe muitos demonios com face d anjo eu espero q joguem ele la na covas dos leos pque nem entre criminosos n aceita certas atitudes deixem por favor ele apanha ate morrer como fez com essa criança so assimvao aprende pque eles acusam a bebida as drogas mais como eles mesmo n se matam n e incrivel q as drogas e so p machucar pessoas sem defesa sinto muito por essa criança q DEUS receba ele em seus braços
 
vera helena em 24/10/2013 07:41:32
Enquanto o Ministério Público não começar agir com rigor contra os Pais Covardes que abandonam menores incapazes, continuaremos lendo estes relatos de selvageria e também cada vez mais aumentando o número de menores infratores. Veja bem, isto tudo aconteceu porque um Covarde ajudou a gerar uma criança e não foi homem para criá-la e protegê-la, deixou tudo para a Mãe, esta cometeu alguns erros sim, mas pelo menos estava lutando para sustentá-lo. Então, o MP durante este processo criminal deveria intimar o Pai dessa criança e fazê-lo tomar ciência da sua responsabilidade com o menor, deveria lhe dar um Punição Rigorosa, assim serviria de exemplo para tantos outros machos que abandonam seus filhos. E quanto ao assassino para ele deveria existir pena de Prisão Perpétua com trabalho forçado.
 
Luis Acordado em 23/10/2013 21:36:27
prisão perpetua será a sentença mais justa e sem direito a visita e a banho de sol; mas como aqui é Brasil, pais governado por políticos e uma sociedade corrompida; só resta ao justo esperar em Deus.
 
JOELMA RODRIGUES BARRETO FELIPE em 23/10/2013 20:13:55
Se tem três coisas que o crime não perdoa é "jack", "x9" e assassino de crianças, esse tá com a vida feita e a miséria garantida.Vai sofrer por muitooooooooo tempo.
 
Julio Martini em 23/10/2013 17:24:22
nossa esse homem não tem coração... é falda de DEUS na vida dele, ele tem que pagar pelo que fez só depois que ele ve o que fez.... mas tem que pagar pelo seu erro!!!
 
mariele andrade marques da silva em 23/10/2013 14:49:32
Concordo com o comentário anterior, nesses casos pena de morte seria justo!!!!
A sociedade é quem vai sustentar esse!!!
 
rosana alves em 23/10/2013 09:19:58
Nossos Parlamentares, diante de tantos crimes bárbaros terá que reagir, mudando CP,CF,ETC. Mas criando pena de MORTE urgente, ou em breve a sociedade vai começar fazer justiça com as próprias mãos. Ninguem aguenta mais tanta impunidade.
 
porfirio vilela em 23/10/2013 08:20:47
Agora a conversa no presídio vai ser outra, seu covardão!! Nem preso aceita esse seu crime bárbaro!
 
MARCELLO MENDES em 22/10/2013 21:33:08
imagem transparente

Desenvolvido por Idalus Internet Solutions