A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

13/03/2013 11:11

Padre Ernesto, fundador da Cidade Dom Bosco, morre aos 93 anos em Corumbá

Francisco Júnior
Padre morreu aos 93 anos. (Foto: Diário Online)Padre morreu aos 93 anos. (Foto: Diário Online)

O padre Ernesto Sassida, de 93 anos, fundador da Cidade Dom Bosco, morreu nesta manhã (13), em Corumbá. O religioso estava internado no hospital da cidade desde 2 de março, com pneumonia agravada por problemas de insuficiência cardíaca.

Veja Mais
Justiça determina instalação de rede de esgoto em Nova Alvorada do Sul
Pistoleiro morre baleado durante confronto com a polícia do Paraguai

De acordo com o site Diário Online, o padre teve uma parada cardíaca por volta das 7h10 de hoje. Os médicos tentaram todos os procedimentos clínicos para reanimá-lo. A morte foi constatada às 7h40.

Nascido na Eslovênia, padre Ernesto Sassida, fundou a maior obra social existente em Corumbá: a Cidade Dom Bosco, que abriga projetos como escola; o centro profissional; projeto Criança e Adolescente Feliz e programas de Assistência Social, como o Sino da Caridade e o Adoção à Distância.

Em sua página no Facebook, o senador Delcídio do Amaral (PT) lamentou a morte do religioso. “Recebi, com muito pesar, aqui em Brasília, a notícia da morte do padre Ernesto, pessoa queridíssima na minha Corumbá. Conheci o padre ainda criança, quando eu andava descalço e sem camisa pelas ruas da cidade e ele ia almoçar na casa da minha avó Rosa na Rua 13 de Junho. Sempre me impressionou a maneira tranqüila e doce como ele pregava o Evangelho”, postou o parlamentar na rede social.

O senador destacou o trabalho do padre realizado no município. “ Ele levava a palavra de Jesus a todos os corumbaenses, sem falar no trabalho social que, silenciosamente, desenvolveu ao longo de décadas em favor dos mais pobres. As obras que ele construiu beneficiam milhares de famílias. Corumbá perdeu um grande líder, que vai fazer muita falta”, acrescentou.
.
Também pelo Facebook, o prefeito de Corumbá, Paulo Duarte (PT), afirmou que o padre irá fazer muita falta. “ Me sinto entristecido pois perdemos do nosso convívio essa pessoa maravilhosa que era o Pe Ernesto! Ele deixa saudades imensa”, escreveu. Ele postou uma foto junto com padre.

Não há informações sobre o horário do sepultamento do religioso.

 

Justiça determina instalação de rede de esgoto em Nova Alvorada do Sul
A Sanesul e a prefeitura de Nova Alvorada do Sul - cidade localizada a 120 km de Campo Grande - terão que criar no município rede coletora e estação ...
Médico nega que tenha abandonado pacientes e diz que foi autorizado a sair
O médico Carlos José da Costa Duran, de 41 anos, nega que tenha abandonado o plantão no hospital e maternidade Idimaque Paes Ferreira, o único em Rio...



Senador Delcidio, nunca ouvi o senhor falar das obras do Padre Ernesto quando vivo. Isso é muito importante. A Igreja Católica só aparece nas coisas más. Porém, o que ela faz de benefício ao longo do tempo pelo mundo ninguém comenta. O senhor, como pessoa de referência, deveria ter citado.
 
Fátima Santos em 13/03/2013 23:33:23
Morei em corumba e Campo Grande ao mesmo tempo, ja que fui transferido pra corumba em janeiro de 1985 e la fiquei ate maio de 1986, mantive o duplo domicilio, mais nem por isto deixei de me apaixonar por Corumba, mais alem disto ao lado do Quartel da Policia Militar onde eu era o Sargento mais antigo da Unidade, ficava a Cidade Dom Bosco criada pelo Padre Ernesto Sassida. Gente como eu gostaira de ter tido um Padre Ernesto Sassida em minha cidade, quando eu era menino e queria e precisava estudar. Vi o quanto ele fez pelos humildes de Corumba. Peco a Deus que mande mais Padres Ernesto para o mundo.
 
alberto benedito da silva em 13/03/2013 21:19:08
Fui aluno do Colégio Alexandre de Castro e depois fui professor na Escola Estadual de 1 e 2 Graus Dom Bosco, essa última já era uma das instituições que fazia parte da Cidade Dom Bosco, obra de grande influência no bairro, na cidade onde nasci e vivi, minha infância e adolescência; saudades. Dai a minha singela homenagem ao Pe Ernesto Sassida.

Ao homem o meu respeito, ao idealizador meu agradecimento, ao Espírito meus votos de paz ...
 
Carlos Augusto Camargo em 13/03/2013 21:19:05
recebi com muita tristeza ,uma perda muito grande para nos corumbaenses e por que nao dizer matogrossenses.Fui aluno,atleta e escoteiro,estou profundamente triste,eu moroatualmente na capital,mas meu coracao esta na minha ,nossa corumba.....Ele foi um PAPA para nos.
 
paulo jorge rojas em 13/03/2013 18:50:18
um dia triste... a minha infancia estudei na escola da cidade dom bosco! lá eu fui aluno,mirim, escoteiro.atleta e muito travesso (alem da conta) parava direto na diretoria ! eu nem tchum! mas,quando falavam q iam me mandar pra o padre Ernesto.... ai eu tremia.... nao dava outra ! ele me mandava ir nas missas aos domingos ! inpressionante, ele sabia quando eu nao ia !!! todos os eventos da escola eu participava... festa junina,jogos escolares,acampamentos,ate carnaval no ginasio em 1984 eu pulei,me diverti ! claro que logo apos eu ia pra diretoria dinovo !! mas valeu !!! como valeu ... hoje, moro em Campo Grande a 25 anos . nunca mais voltei a ver o padre ernesto...sempre queria visitalo e sempre deixava pra depois ... agora e tarde! ele se foi....
 
Fernando Barreto Pires em 13/03/2013 18:33:31
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions