A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

19/02/2013 22:15

Pai mantém filho de 26 anos amarrado para evitar que ele agrida pessoas na rua

Nyelder Rodrigues
Filho é mantido amarrado em casa pelo pai para evitar agressões e que ele consuma etanol comprado em postos de combustíveis (Foto: Aluizio Targino/InfocoMS)Filho é mantido amarrado em casa pelo pai para evitar agressões e que ele consuma etanol comprado em postos de combustíveis (Foto: Aluizio Targino/InfocoMS)

Um pai mantém o filho de 26 anos amarrado dentro de casa, em Camapuã, cidade localizada a 133 quilômetros de Campo Grande.

Veja Mais
PRF apreende 50 mil caixas de cigarros contrabandeados na BR-163
Corpo é encontrado boiando em rio e suspeita é de que seja de trabalhador rural

O motivo para tal atitude seriam problemas psiquiátricos do filho. Conforme reportagem do site InfocoMS, o filho, Marcos Barbosa, tem várias passagens pela polícia, em decorrência do problema.

Ele e o pai, Manoel Barbosa, moram no Conjunto Sabiá II, região da Vila Industrial da cidade. Manoel conta que o filho agride as pessoas na rua, entra na casa de estranhos, e muitas vezes volta para casa machucado.

Ainda conforme o pai contou ao InfocoMS, um amigo da família avisou que o filho entra nas casas e pede dinheiro para tomar pinga, e ultimamente estaria comprando etanol em postos de combustíveis e consumindo diluindo com água.

O pai afirma já ter levado o filho para o Centro de Atenção Psicossocial (Caps), mas não consegue resolver a situação.

O Ministério Público em Camapuã se manifestou diante da situação. Medidas já estão sendo tomadas, uma delas é o pedido para que um especialista faça um laudo sobre a situação psiquiátrica de Marcos, para a partir daí tomar as providências corretas.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions