A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

06/05/2015 11:32

Para continuar funcionando, policiais fazem segurança de IML durante perícias

Liana Feitosa
Leitor enviou imagem que mostra policiais fazendo segurança do IML. (Foto: Edição de Notícias/WhatsApp)Leitor enviou imagem que mostra policiais fazendo segurança do IML. (Foto: Edição de Notícias/WhatsApp)

Funcionários do IML (Instituto Médico Legal) de Coxim, a 260 quilômetros de Campo Grande, estão trabalhando com escolta da Polícia Militar.

Veja Mais
Perito fecha IML por falta de estrutura, mas não informa o governo estadual
Segurança reage a assalto, troca tiros com bandidos e é atingido de raspão

Segundo o site Edição de Notícias, os PMs estão fazendo a segurança de funcionários durante exames de necropsia no local, já que o instituto funciona no pátio do Estabelecimento Penal Masculino.

Um leitor enviou uma foto à redação do Edição de Notícias para mostrar a situação. O fato foi registrado à noite enquanto eram realizados exames de necropsia em uma vítima de esfaqueamento.

Exoneração - No mês passado, o IML de Coxim chegou a ser interditado pelo então perito criminal Wanderley Serrou Camy, que coordenava o Núcleo Regional de Perícias e Identificações de Coxim. Segundo o perito, que foi exonerado do cargo após a decisão de interdição, o local não apresenta condições adequadas de trabalho, o que inclui falta de segurança.

Após a exoneração, a coordenadoria determinou a reabertura do local sem alterar as condições de trabalho. De acordo com a reportagem do Edição de Notícias, falta até mesmo iluminação no instituto, além de espaço adequado para higienização e armazenamento de material.

O IML atende a população de Coxim e de outros sete municípios da região norte de Mato Grosso do Sul.

O Campo Grande News entrou em contato com o titular da Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública), Sílvio Maluf, mas ele estava ocupado. Mesmo assim, representante se comprometeu em inteirar-se da situação para, então, a secretaria se manifestar.

Segurança reage a assalto, troca tiros com bandidos e é atingido de raspão
Ao reagir durante assalto anunciado por três homens, o segurança Aldair José de Oliveira, 30, ficou ferido ao ser atingido por um tiro. O caso aconte...
Cinco pessoas são atingidas por raio em colheita de cana e uma morre
Um trabalhador rural identificado como Abmael Fernandes dos Santos, de 30 anos, morreu na tarde desta quarta-feira (7) ao ser atingido por um raio en...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions