A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

07/01/2015 20:26

Para evitar motim, Justiça transfere estupradores de presídio de Três Lagoas

Daniel Machado
Após serem ameaçados de morte por internos do PSM de Três Lagoas, os 48 internos que cumprem pena por crimes sexuais no local foram transferidos para a 1ª DP do mesmo município (Foto: Divulgação)Após serem ameaçados de morte por internos do PSM de Três Lagoas, os 48 internos que cumprem pena por crimes sexuais no local foram transferidos para a 1ª DP do mesmo município (Foto: Divulgação)

Após serem ameaçados de morte por internos do PSM (Presídio de Segurança Média) de Três Lagoas, os 48 internos que cumprem pena por crimes sexuais no local foram transferidos para a 1ª Delegacia de Polícia Civil do mesmo município no fim da tarde desta quarta-feira (7).

Veja Mais
Veículo colide em capivara, sai da pista e pega fogo nas margens da MS-157
Embriagada e cansada de apanhar, mulher mata marido com facada

A rebelião foi iniciada na manhã de hoje no pavilhão 3, quando os presos começaram a destruir os cômodos do presídio e ameaçar a “virar” a cadeia, promovendo o terror e uma rebelião em massa caso os acusados por estupro não fossem expulsos dali até o final do dia.

A determinação, segundo informações, teria sido dada por chefes de uma facção criminosa que atua dentro e fora dos presídios em todo o Brasil.

O delegado dr. Paulo Rosseto da 1º DP também esteve no presídio e acompanhou a escolta até sua delegacia. Segundo ele, a ordem da transferência foi feita pela Justiça local e o futuro dos 48 internos ainda é indefinido.

Nenhum interno da unidade ficou ferido na ação, que mobilizou seis viaturas do 2º Batalhão de Polícia Militar. Familiares dos internos acompanharam todo o trabalho da polícia e já aguardam notícias de seus parentes na frente da 1º delegacia de Polícia Civil.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions