A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

04/12/2011 10:07

Para MPE, Tribunal de Justiça deve negar liberdade ao Maníaco da Cruz

Marta Ferreira

Pedido de habeas corpus, que ainda não teve análise definitiva, teve laudo psiquiátrico anexado. Jovem que matou 3 em 2008 segue internnado em Ponta Porã

Maniaco da Cruz chega para exames psiquiátricos em Dourados. (Foto: Dourados Agora)Maniaco da Cruz chega para exames psiquiátricos em Dourados. (Foto: Dourados Agora)

O MPE (Ministério Público Estadual) manifestou-se contrário à concessão de liberdade a Dionathan Celestrino, de 19 anos, que ficou conhecido como o Maníaco da Cruz, em 2008, após matar três pessoas em Rio Brilhante. A manifestação do procurador Hudson Kinashi foi anexada ao habeas corpus impetrado pela Defensoria Pública em outubro, após vencer o prazo legal de internação, que é de 3 anos.

Nesse período, o Maníaco ficou internado em Ponta Porã, na Unei (Unidade Eduacional de Internação), onde permanece, enquanto a Justiça não define o futuro dele.

O pedido de liberdade, segundo a Defensoria explicou, foi feito estritamente para cumprir a lei, que não permite adolescentes infratores internados por tempo superior a 3 anos. Como não houve manifestação à solicitação feita inicialmente à Vara de Infãncia e Juventude em Ponta Porã, foi impetrado no habeas corpus no TJ.

No dia 11 de novembro, o desembargador Romero Osme Dias Lopes, responsável pelo caso, rejeitou a liminar para dar liberdade a Dhionatan.

Antes disso, ele pediu mais informações à Vara de origem do processo para se manifestar.

Internado desde 2008, quando matou três pessoas, jovem não deve voltar ao convívio social, segundo avaliação do MPE, que pediu a interdição dele. (Foto: Minamar Jr)Internado desde 2008, quando matou três pessoas, jovem não deve voltar ao convívio social, segundo avaliação do MPE, que pediu a interdição dele. (Foto: Minamar Jr)

Agora, o caso aguarda o julgamento de um colegiado. No dia 18 de novembro, o rapaz foi levado para Dourados, paraa um laudo psiquiátrico.

O processo no TJ teve um laudo anexado, mas não há informação se se trata, já, dos exames feitos em Dourados, pelo psiquiatra Pedro Leopoldo de Araújo. No dia, ele afirmou que o quadro sugeria psicopatia.

O MPE quer que o Maníaco seja mantido internado, por meio de medida de interdição. Como o processo corre em segredo de Justiça, os detalhes não são informados.




Ja vi a cara do vaga,mas é bom que mostrem para não cair no esquecimento, e acabar vindo para as ruas sem que ninguem o reconheça e volte a praticar seus rituais, sem que alguem o encontre antes.se for ganhar a liberdade ,tomara que os jornais estampem na primeira pagina com foto .
 
Rosivaldo ferreira Alamo em 05/12/2011 10:41:11
Tomara que soltem logo esse louco! E acaba com essa conversa fiada de solta e não solta, pode e não pode. Solta o cara, tem muita "gente" que quer ele nas ruas!!!
 
Anderson em 04/12/2011 11:36:06
DEVIA ERA MOSTRAR A CARA DO SAFADO NA RUA,A POLICIA FICA AÍ ESCONDENDO A CARA DO MARGINAL SE É SOLTO VAI FAZER DE NOVO. ..ENTAO NADA MAIS JUSTO QUE MOSTRAR O CARAO DELE NAO ACHAM,,,,QUEM CONCORDAR MANDA MAIS COMENTARIOS PEDINDO DERREPENTE A GENTE CONSEGUE...
 
SIMONE DOS SANTOS COSTA PESSOA em 04/12/2011 10:50:48
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions