A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

05/08/2013 08:40

PCC resgatou presos, que roubaram carro e trocaram tiros na fuga

Graziela Rezende
Bandidos que fugiram do presídio em Eldorado. (Foto: Divulgação)Bandidos que fugiram do presídio em Eldorado. (Foto: Divulgação)

Um integrante da organização criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital) organizou a invasão do resgate dos cinco presos e o roubo das armas na Delegacia de Eldorado, a 447 quilômetros de Campo Grande. Na fuga, os bandidos ainda trocaram tiros com a Polícia, fizeram uma família refém e roubaram uma caminhonete e outro veículo. Uma mega operação policial, que conta com policiais do Paraná, Paraguai e até com um helicóptero da Receita Federal, foi montada para caçar os fugitivos e autores do resgate. 

Veja Mais
Bandidos invadem delegacia, trocam tiros, resgatam presos e levam armas
Dois homens são presos por suspeita de estupro de adolescentes

“Os bandidos se dispersaram em meio à mata fechada. Alguns deles, durante a fuga, abordaram uma família paraguaia, que conduzia uma Mitsubishi e levaram a caminhonete. Eles também fizeram outros reféns. O bando então abandonou o carro, após troca de tiros com a Polícia Militar e partiu para um denso milharal, já em Japorã”, contou o delegado Claudineis Galinari, titular em Eldorado.

Segundo o delegado, em 24 anos de carreira na instituição, ele nunca viu tamanho empenho e integração. “Participam 50 homens, que pretendem recuperar os foragidos o mais rápido possível. A Polícia Nacional do Paraguai realiza barreiras, bem como a PRF (Polícia Rodoviária Federal). E a Polícia Federal do Paraná utiliza aparelhos de visão térmica, além do helicóptero para as buscas”, avalia o delegado Galinari.

Facção criminosaA ação, de acordo com o delegado, foi planejada por um integrante do PCC (Primeiro Comando da Capital), identificado como Wesley Magno de Oliveira, 34 anos. “Este é o mentor da ação, traficante de drogas, armas e considerado o mais perigoso”, comenta o delegado.

Com ele, fugiu o traficante Roberto dos Santos da Silva, 29 anos, Cairo Roberto Torquato Bento, 21 anos, com antecedentes por roubo de residência e veículos, José Vieira dos Santos, 33 anos, que matou um policial civil no município de Tacuru, e Wesley Ferreira dos Santos, 26 anos, com passagens por tráfico de drogas e roubo de veículos.

 

Bandidos invadem delegacia, trocam tiros, resgatam presos e levam armas
Cinco bandidos que estavam presos na Delegacia de Polícia Civil de Eldorado – a 447 quilômetros de Campo Grande – foram resgatados por comparsas que ...
Dois homens são presos por suspeita de estupro de adolescentes
Dois homens foram presos por estupro de vulnerável em Laguna Carapã, 287 km de Campo Grande. Eles têm 28 e 24 anos e teriam tido relação sexual com a...
Dupla armada invade madeireira e rouba dinheiro do pagamento de funcionários
Dois homens armados invadiram uma madeireira e roubaram R$ 15 mil por volta das 15h30 de ontem (9) no Distrito Industrial de Dourados - distante 233 ...
Homem tem carro roubado por assaltantes armados na MS- 289
Assaltantes armados renderam o condutor de um veículo modelo Vectra e roubaram o carro por volta das 23h desta sexta-feira (9) na MS-289, em Amambai ...



-Tem que ser como nos países evoluídos, "ser for condenado há 38 anos de cadeia, tem que cumprir os 38 anos completos" aqui a lei foi feita para favorecer o infrator, nunca a vitima, pois vejamos que no Brasil, até a policia trabalha com condição inferior ao bandido.
Ah, se um preso disser que recebeu um beliscão de um policial, os direitos humanos cai matando para defende-lo.
 
luis tibo em 05/08/2013 14:53:33
Infelizmente o nosso estado não investe o minimo na segurança publica. Como os caros colegas já disseram é um absurdo um policial de plantão na delegacia com mais de 5 presos perigosos, isso só vai mudar quando as vitimas forem esses politicos que temos começarem a ser roupados, aí sim vão tomar providencias, mas os bandidos não são bobos né eles não vão atacar seus principais aliados, viva nossa politica e aos direitos humanos ipe ipe hurraaaaaaaaaaaaaaaaaa.
 
guilherme paes em 05/08/2013 13:27:30
Isto é tragédia anunciada...
A fragilidade das cadeias públicas do estado, aliado à quantidade de policiais no plantão com absoluta certeza (se continuar assim) irão ocorrer mais fugas, resgates e outras tragédias.
Isso até o dia que os presos invadirem a casa de algum "político influente" ou de algum magistrado. Daí sim, com certeza irão resolver o problema.
Mas enquanto quem estiver na linha de tiro forem somente os valorosos policiais (civis e militares) deixa como está... Né sr. governado? Né srs. juízes? Né mesmo srs. políticos???
Afinal, preso nem vota, porque arrumar um lugar pra ele ficar? Melhor ele na rua, afinal, solto ele pode até votar.
 
Jair Bastos em 05/08/2013 11:15:00
Pena de morte no Brasil,evitaria essas fugas,sempre digo bandido bom é bandido morto.
 
Lucas da Silva em 05/08/2013 10:58:23
é Notório que , onde não existe Segurança o crime toma conta. nas regiões de fronteira . Aral Moreira , Sapucaia, Mundo novo, Eldorado . o numero de policiais é insuficiente . o
que se faz nescessario é maior numero de policias .Civil , P.M. P.F; PRF nestas localidades em definitivos, as "operações " são temporarias e depois.?


 
jorge tavares em 05/08/2013 10:51:35
Se não pegar vai virar moda bandidos resgatar presos..
 
Billy soares em 05/08/2013 10:39:08
Se essa moda pega! Todas as delegacias do estado não tem a minima condição de segurança! Um policial por plantão! Olha o perigo!
 
Paulo Eduardo em 05/08/2013 10:34:05
cade os helicopteros que o Estado tem nessas horas
 
CLAUDINEI BRAZ DE LIMA em 05/08/2013 10:21:44
MS em pleno desenvolvimento.
 
jose manoel em 05/08/2013 10:20:39
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions