A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

27/09/2015 14:27

Peão espera colega dormir e mata com tiro na cabeça após briga por som alto

Viviane Oliveira

O peão Luciano Augusto Gonçalves, 38 anos, morreu após briga por causa de som alto no final da tarde de ontem (26), na Fazenda São Sebastião Grande, no Pantanal Paiaguás, em Corumbá, distante 419 quilômetros de Campo Grande. O suspeito de cometer o crime é Ademensiano Espíndola de Souza, 18 anos, que está foragido.

Veja Mais
Preços de itens da ceia de Natal variam até 400%, aponta Procon
Reinaldo ativa monitoramento e assiste a simulação de prisão de assaltantes

Conforme boletim de ocorrência, o gerente da fazenda relatou que foi informado por um dos funcionários da propriedade, que Ademenciano havia atirado no diarista Luciano. Em depoimento, a testemunha contou que Ademenciano estava ouvindo música alta, quando Luciano atirou em uma das caixas no som.

Ademensiano, então, esperou o colega ir dormir em um dos quartos do galpão para atirar na vítima. Luciano foi atingido na região da cabeça. Após o crime, o acusado saiu da fazenda caminhando e a suspeita é de que ele tenha ido até a estrada principal e conseguido carona para Coxim, onde mora.

O caso foi registrado como homicídio qualificado pela traição, de emboscada, ou mediante dissimulação na 1ª Delegacia de Polícia Civil de Coxim.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions