A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

18/07/2014 08:52

Pecuarista com problemas cardíacos morre depois de bater caminhonete na MS-306

Caroline Maldonado
Sobrinho viu o acidente quando trazia o médico para ver o tio (Fotos: Jovem Sul News)Sobrinho viu o acidente quando trazia o médico para ver o tio (Fotos: Jovem Sul News)
Rodotrem saiu da pista após bater na caminhonete. Rodotrem saiu da pista após bater na caminhonete.

Acidente na rodovia MS-306 matou um pecuarista de Cassilândia, a 418 quilômetros de Campo Grande, na quinta-feira (17). Moisés Batista Dias, 84 anos, saiu de Cassilândia e seguia sentido Chapadão do Sul, que fica próxima a rodovia, quando sua caminhonete bateu em duas rodas traseiras de uma carreta, carregada com isolante de piso, vinda do Rio de Janeiro, com destino à Rondônia, dirigida por Marco Antônio Stutz. Em seguida a caminhonte atingiu um rodotrem e ficou destruída. 

Veja Mais
Cinco pessoas são atingidas por raio em colheita de cana e uma morre
PRF apreende carreta com 250 kg de agrotóxicos contrabandeados do Uruguai

Segundo o jornal Jovem Sul News, Moisés havia chamado o sobrinho, Oraidio Batista Dias, para dirigir,  mas ele não chegou a tempo. Um funcionário da fazenda ligou para Oraidio e o informou que Moisés estava passando mal, quando saiu.

O sobrinho então foi ao encontro do tio e ao avistar a caminhonete na rodovia fez sinal de luz, mas Moisés não parou. Oraidio fez o retorno para então alcançar o tio. Nesse momento, ele viu a caminhonete bater em duas rodas traseiras de uma carreta. Desgovernada, a caminhonete entrou em uma curva da rodovia e deparou-se com um rodotrem, dirigido por LaercioBedette, 43 anos, que não teve tempo de parar e bateu de frente, na lateral da caminhonete.

Ao saírem da pista, caminhonete MitsubishiTriton ficou destruída. O rodotrem desceu o aterro na rodovia, com o cavalo mecânico, e junto a primeira carreta envolvida no acidente parou ao bater em um barranco. Moisés foi socorrido por um médico de Cassilândia, que chegou com o sobrinho, foi encaminahdo a Santa Casa com vida, mas faleceu.

Morador antigo da cidade, Moises sofria com problemas cardíacos, por isso chamava o sobrinho para dirigir. Ele era tio de outra vítima de grave acidente, na mesma rodovia, Erveste Batista Barbosa, 72 anos, que morreu após capotar a caminhonete que dirigia, conforme o jornal Jovem Sul News.

Cinco pessoas são atingidas por raio em colheita de cana e uma morre
Um trabalhador rural identificado como Abmael Fernandes dos Santos, de 30 anos, morreu na tarde desta quarta-feira (7) ao ser atingido por um raio en...
Autores de 'arrastão' são presos após perseguição de moto; veja o vídeo
"Desculpem os palavrões, mas há situações em que a gentileza não é prioridade". Assim a Getam (Grupamento Especial Tático de Motos) publicou nesta qu...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions