A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

20/08/2013 10:58

Pecuarista que espancou filho gay pode ser condenado a 8 anos de prisão

Evelyn Souza
Adolescente ficou com vários ferimentos pelo corpo, após ser agredido pelo pai. (Foto: divulgação)Adolescente ficou com vários ferimentos pelo corpo, após ser agredido pelo pai. (Foto: divulgação)

A Polícia Civil já concluiu o inquérito sobre as investigações do pecuarista, que espancou o filho na madrugada do dia 29 de julho, em Três Lagoas, que fica a 331 quilômetros da Capital. As agressões aconteceram depois que o pai descobriu que o filho é homossexual. Apesar do crime não ser oficial, ele também foi indiciado por homofobia. 

Veja Mais
Além de responder por homofobia, pai pode ser proibido de voltar a ver filho
Caso de menino espancado pelo pai por ser gay cria polêmica no Facebook

Segundo o delegado responsável pelas investigações, Paulo Henrique Rosseto de Souza, o pecuarista foi indiciado por tortura e injúria e os crimes ultrapassam oito anos de prisão, caso seja condenado. O inquérito foi encerrado na semana passada e encaminhado ao judiciário.

O caso ganhou repercussão nacional pela crueldade. Conforme a Polícia Civil, ao descobrir que o filho é homossexual, o pai o agrediu e tentou trancar o adolescente em um quarto sem energia elétrica. O rapaz foi levado para a casa da avó, mas foi seguido pelo pai e agredido novamente. Durante as agressões, o pai dizia que o filho “estava com o demônio no corpo”.

Após as agressões o adolescente foi levado para o hospital pelo próprio pai, que no caminho ainda ameaçou matar o filho caso ele não mude a orientação sexual. Segundo testemunhas o pecuarista amarrou uma corda na perna do garoto e ameaçou jogar ele para fora do carro e arrastar na rua.




lLais concordo com vc em várias coisas, mas ninguem escolhe ser......somos simplesmente assim
 
ELIO SANTOS em 21/08/2013 10:38:13
Angélica, faço das suas as minhas palavras e quem achar que você e eu estamos errados, é porque nunca teve um caso como esses ou é pior que o espancado.
 
Charles Luciano em 21/08/2013 09:33:49
Angelica antes um filho gay que um tarado,bandido que tira a vida de um pai de família.
 
luzinete sena em 21/08/2013 08:35:10
Os tempos mudaram Angélica!! As pessoas também, com distúrbios mais frequentes e doenças psicológicas mais graves, devida a esta mídia que nos passa uma imagem de um povo violento e rude. Não sou ninguém para julgar o pai, quem é você para julgar o filho??
 
Marcelo Barreto em 20/08/2013 19:56:42
Meu Deus!! os jovens precisam de apoio, o filho então, confia no pai, ou deveria, meu coração ficou dilacerado com a imagem das pernas dele e do q li no texto. Tomara q esse menino e sua mãe, possam viver não somente juntos, como unidos e apoiando um ao outro pela vida. Jovem, perdoe seu pai, mas se cuide...não deixe ninguem mais ferir vc....
 
Lúcia Sales em 20/08/2013 16:45:49
Não cabe a mim julgar o pai nem o filho... Mas a agressão praticada por esse cidadão é crime! Vamos imaginar, só por acaso, que a vítima não fosse filho do agressor. Seria correto bater nele, perante a lei?
Meu pai, sem nenhuma cultura, me ensinou que um filho merece tanto respeito quanto qualquer cidadão. Educação não inclui desrespeito nem agressões... E crime é crime. Pelo menos deveria ser.
 
Prudenciano Rodrigues em 20/08/2013 16:37:12
concordo com vc alex esse pai tem uma doença e se colocarem na cadeia ira se agravar ele precisa de tratamento muitos acham que se isso é homofobia só que veja pelo lado do pai "todo homem sonha ver seu filho casado com uma mulher tendo filhos e tudo mais o cara ficou revoltado somente como disse ele precisa de tratamento. nao estou querendo dizer que tenho preconceito muito pelo contrario tenho parentes e me dou muito bem com eles é so minha opinião.
 
dalvany silva em 20/08/2013 16:06:46
Angélica se esse cara nao pode ser preso entao devemos tirar todos os outros bandidos da cadeia, pessoas que espacaram alguem que ofendeu, que tentou matar, enfim que "surtaram" deverao ser soltas.
O garoto erro? qual foi o erro dele?
 
marco antonio em 20/08/2013 15:14:44
O pai não pode ser preso?
Fala isso porque não era o teu lombo que estava sangrando né, porque não era você que estava sendo ameaçada de ser arrastada no carro pelo próprio pai.
Ninguém fica feliz por ter gay, mas agir dessa forma não ajuda em nada, muito pelo contrário

Se você honra teu pai, mesmo ele te surrando e te ameaçando, tudo bem, só não diga que esse sujeito não pode ser preso, porque ele pode e deve ser.
 
Arthur Gazula em 20/08/2013 14:38:13
Angélica, o garoto não errou. Ele nasceu assim. A mãe dele também não errou. Já o pai dele o torturou e o ameaçou de morte por pura ignorância e preconceito. Até quando as pessoas de bem vão tolerar a violência? Para atos como esse não há justificativa.
 
Anita Ramos em 20/08/2013 14:26:43
Srª Angelica Nunes Dourado...quer dizer então que, o filho deve ser condenado por sua opção sexual, é isso?. A Srª tem filhos (as)?..Cuidando quem tem teto de vidro não pode jogar pedra no telhado alheio!!!
 
Rita de Cassia Lopes em 20/08/2013 13:55:17
À sra. Angélica Nunes Dourado:
Acredito que o amor e a honra ao pai mudariam drasticamente caso ele a agredisse da mesma forma que ocorreu com o garoto.
Tenhamos bom senso. Surtar verbalmente, ficar revoltado, irresignado é uma coisa. Outra coisa bem diferente é espancar intensamente o próprio filho. O tal pai poderia ter desardado o garoto, mandado-o embora de casa - ambos atos deploráveis, mas preferíveis ao assédio físico.
As leis existem, em tese, justamente para impedir que pessoas possam fazer o mal umas às outras, e, tendo o feito, que não permaneçam impunes, sendo responsabilizadas pela ofensa que escolheram cometer.
 
Juliano M. Albuquerque em 20/08/2013 13:54:18
Até concordo que o pai não deve ser preso, pois já está condenado pela sua prórpia ignorância. Mas gostaria de saber onde é que está a culpa (o erro) do garoto. Será que ser homossexual é crime, é errado? Entendam, ninguém faz opção em ser homessexual. É uma condição... e tem de aceitar e pronto. Todos somos filhos de Deus, do jeito que somos... pois foi assim que ELE nos concebeu.
 
Valdemir Contiero em 20/08/2013 13:40:48
claro que esse pai pode ir preso, espancou seu próprio filho pelo fato dele ser homo sexual,
Ha pelo amor de deus... E o preconceito fica onde? sem comentários...
 
Douglas Augusto em 20/08/2013 13:34:42
Sem entrar na polêmica da homossexualidade, esse pai deve responder na justiça pelo que fez. Tortura, lesão corporal, injúria, são previstos como crime na legislação penal brasileira, independente do motivo pelo qual fez. Muitas pessoas ficam defendendo ou criticando de forma pesada por envolver o assunto da sexualidade, mas o fato é que as pessoas, concordando ou não com a homossexualidade, devem perceber que o que o pai cometou foi crime, e ponto final. E agora, referente ao assunto, muito apropriado o delegado indiciar também por homofobia. Está na hora das pessoas evoluirem e perceberem que se não concordam, ao menos respeitem a condição sexual de qualquer pessoa. Se cada um cuidar da sua vida e respeitar o outro a violência será reduzida.
 
rafael santos em 20/08/2013 13:27:22
Querida, a questão é que lesão corporal é crime, seja uma vez "por acaso" ou repetidamente. Se você amou seu pai a ponto de nunca se valorizar, achando que ele tem direito de descer a porrada em você, é problema seu. Mas não impunha seu retrocesso mental as outras pessoas. Esse pai tem mesmo que ir preso.
 
Fernanda SObreira em 20/08/2013 13:17:23
Senhora Angélica, ele não pode ser preso por qual motivo ? por que é pecuarista, por que tem dinheiro ? Isso não o faz diferente de ninguem, e não vejo o erro do menino em momento nenhum, se ele escolheu ser dessa forma, ninguem tem que julga-lo, ou dizer se ele está certo ou não. A mãe tambem não está errada, por que mãe que é mãe de verdade, sempre apoiará e protegerá seu filho, independente se o agressor for o pai ou não. Ela defender o filho não significa que eles não precisem mais do pai, mas o que ele fez com o filho,e indiretamente com a esposa,demonstra que ele não merece a familia que tem.
 
Lais Abreu em 20/08/2013 13:08:49
Na primeira reportagem alegaram que eu estava defendendo o pecuarista. Não estava, apenas tentava entender o seu ponto de vista para então julga-lo. Não sei se prende-lo ira resolver o rpoblema, alias acho que vai agrava-lo. Creio que o mesmo precisa de tratamento e não de cadeia. Com certeza serei interpretado de maneira errada de novo, mas viva a liberdade de expressão.
 
Alex André de Souza em 20/08/2013 12:58:54
''Um povo ignorante é o instrumento cego da sua propia destruição''
 
saulo bitencurt em 20/08/2013 12:32:50
Que isso sirva de exemplo a todo o país! Chega de impunidade! Um pai, geralmente, deve educar e conhecer seu filho! E não é com uma atitude agressiva que as coisas vão mudar! Agora invertam os papéis: imaginem que ser hetero fosse errado. Adiantaria bater em alguem para "deixar" de ser hetero? Vamos ler, minha gente! Deixem de lado interpretações arcaicas e tendenciosas de religiosos fanáticos. Como o Brasil é um país laico, não se pode exigir que as pessoas sigam ao pé da letra as escritas sagradas! Ou vamos importar escravos dos países vizinhos, colocar fogo nas roupas com mistura de tecidos, vamos todos viver como homens da caverna sem cortar o cabelo e aparar a barba?! Uma pessoa que critica um gay, é a mesma pessoa que faz sexo antes do casamento, tão condenada quanto na bíblia! Pense
 
Eduardo Boretti em 20/08/2013 12:32:18
Angélica e pelo jeito vc herdou do seu pais a ignorancia ,minha filha estamos no ano de 2013 .pelo jeito vc faria o mesmo com seu filho ne?Lamentavel
 
saulo bitencurt em 20/08/2013 12:25:22
ANGÉLICA

TUDO TEM LIMITE ESSE PAI SÓ FALTOU MATAR !!!!!!!!!!!
VC QUER QUE FIQUE POR ISSO MESMO??????????????
NA PRÓXIMA VEZ ELE VAI MATAR!! ELE É UM DESCONTROLADO!!!!!!!!!!!!!
 
idevaldo de jesus em 20/08/2013 12:23:15
Gente, esse pai não pode ser preso... qualquer um pode surtar. Pior se ele tivesse matado o filho.
Ele errou? errou e daí?
O garoto tbém errou, cadê o jogo de cintura?
A mãe tbém errou, não conciliando as coisas.
Se esse pai for preso, tudo que ele ganhou com trabalho e dedicação "irá por água a baixo".
É, agora que eles (mãe e filho) já têm boa condição financeira, não precisam mais do pai.
MEU PAI ERA UM PECUARISTA "DURÃO" "GUINORANTÃO" MAS NÓS O AMAMOS E HONRAMOS ATÉ A MORTE.
 
Angélica Nunes Dourado em 20/08/2013 11:56:36
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions