A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

27/05/2011 11:55

PF conclui inquérito sobre fraudes em Ladário na próxima semana

Aline dos Santos
PF fez operação para investigar fraude na prefeitura de Ladário. PF fez operação para investigar fraude na prefeitura de Ladário.

A PF (Polícia Federal) vai concluir o inquérito da operação Questor, que investiga fraudes na prefeitura de Ladário, até a próxima quarta-feira. A previsão inicial era de que os trabalhos fossem concluídos nesta sexta-feira.

De acordo com o delegado chefe da PF em Corumbá, Alexandre do Nascimento, não há urgência na conclusão, pois os presos já estão em liberdade. A polícia já ouviu 40 pessoas e deve fazer novas oitivas até semana que vem.

Na ação, deflagrada no último dia 16, foram presas sete pessoas: seis servidores da prefeitura de Ladário e um empresário. Os alvos da ação foram o secretário de Planejamento e Gestão, Name Antônio Faria de Carvalho, a secretária de Educação, Eliene da Costa Neves Urquiza, a advogada geral do município, Candelária Lemos.

Além dos servidores Maria Helena Silva (Núcleo de Projetos), Márcio José Pimenta (Setor de Licitações) e o contador Samuel Molina.

Todos já estão em liberdade, mas os servidores foram impedidos pela justiça de reassumir os cargos.

Conforme a PF, os prejuízos aos cofres públicos superam meio milhão de reais. De acordo com o MPF (Ministério Público Federal), as investigações iniciaram a partir de suspeitas de irregularidades na aplicação de recursos federais destinados à merenda dos estudantes da rede municipal de Ladário.

Em seguida, foi instaurado inquérito policial para investigação dos crimes de corrupção, fraudes em licitações, falsificação de documentos públicos e formação de quadrilha.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions