A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

18/01/2013 07:30

Pistoleiro é condenado a 16 anos de prisão por assassinato em 2011

Ele é apontado como autor de vários homicídios na região de fronteira e de trabalhar para um traficante

Nadyenka Castro

Apontado como autor de vários homicídios na fronteira com o Paraguai, o pistoleiro Jacinto Ramom Cristaldo Ramirez, conhecido como Cabelo, foi condenado a 16 anos de prisão por assassinato ocorrido em dezembro de 2011, em Coronel Sapucaia.

Veja Mais
Arma de pistoleiro será periciada em inquérito sobre execução de jornalista
Desmoronamento afeta único acesso pavimentado a município de MS

O julgamento de Jacinto foi realizado na última quarta-feira. Ele foi condenado por homicídio duplamente qualificado contra Daniel Castro de Oliveira.

O pistoleiro foi preso no dia 16 de fevereiro do ano passado, na casa dele, em Coronel Sapucaia, após ter ficado cinco meses foragido. Ele foi preso pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) com apoio da PM (Polícia Militar) e chegou a ser suspeito de envolvimento no assassinato do jornalista Paulo Rocaro, em Ponta Porã.

No momento da prisão, Jacinto portava uma pistola semiautomática de calibre 9mm e dois carregadores com 26 munições do mesmo calibre. Foi apreendida na casa dele também uma motocicleta Honda/Tornado 250cc, sem placa.

A pistola semiautomática foi periciada pela Polícia Civil e confrontada nos homicídios onde foram utilizados arma desse mesmo calibre, ocorridos na fronteira.

De acordo com o MPE (Ministério Público Estadual), Jacinto Ramon é apontado como ‘funcionário’ do traficante paraguaio Felipe Baron Escurra, conhecido como “barão da maconha”, e também é acusado de praticar vários homicídios a mando do mesmo na região de fronteira do Brasil com o Paraguai.

Jacinto Ramon também tem em seu desfavor um mandado de prisão expedido pela Justiça paraguaia pelo crime de homicídio. É ainda indiciado em inquérito policial como autor de duplo homicídio ocorrido na linha internacional entre as cidades de Coronel Sapucaia e Capitan Bado, Paraguai, em 23 de outubro de 2010.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions