A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

07/01/2012 21:21

PM aborda jovens com maconha e descobre mais de 14 mil maços de cigarros

Jeozadaque Garcia
Produtos eram revendidos em estabelecimentos comerciais de Três Lagoas. (Foto: Rádio Caçula)Produtos eram revendidos em estabelecimentos comerciais de Três Lagoas. (Foto: Rádio Caçula)

Uma equipe da Polícia Militar descobriu mais de 14 mil maços de cigarros contrabandeados no município de Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande, após abordar dois jovens que levavam um tablete de 800 gramas de maconha. Cinco pessoas foram detidas.

Veja Mais
Pistoleiro executa morador em acerto de tráfico de drogas na fronteira
Boliviana indiciada após tragédia com voo da Chape pede refúgio em MS

Segundo informações da Rádio Caçula, policiais Rotai (Rondas Ostensivas e Táticas do Interior) realizavam rondas pelo bairro Vila Nova quando avistaram dois jovens de 19 anos em atitude suspeita. Com eles, foram encontradas 800 gramas de maconha.

A equipe foi até a casa de um deles, onde encontraram uma mochila com 10 tabletes e uma porção de maconha, totalizando 5,450 quilos da droga. Enquanto isso, outra equipe policial realizou buscas na casa do outro rapaz, onde encontraram mais 800 gramas do mesmo entorpecente.

Durante as buscas na residência do primeiro rapaz, foram localizados 950 pacotes de cigarros contrabandeados. A mãe do rapaz, de 37 anos, disse que os produtos pertenciam ao irmão dela, de 34. A mulher confessou que os cigarros eram comercializados em três lojas de sua propriedade.

A PM foi até a casa do homem, porém, ele não estava no local. Na casa da mãe dele, de 59 anos, foram encontrados 250 pacotes de cigarro. Os policiais diligenciaram também até as lojas pertencentes à mulher e apreenderam outros 238 pacotes.

Após contagem, foram apreendidos 14.430 maços. Todos os envolvidos foram levados até a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário).

Boliviana indiciada após tragédia com voo da Chape pede refúgio em MS
A boliviana Celia Castedo Monasterio, indiciada pelo Ministério Público de seu país por ter autorizado o plano de voo da Chapecoense, com saída em Sa...
Hospital Universitário de Dourados alerta para golpe do falso médico
Falso médico estaria agindo em nome do HU-UFGD (Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados) e nesta segunda-feira entrou em co...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions