A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

22/05/2013 21:51

PM abre inquérito e afasta policial que matou adolescente em fuga

Nyelder Rodrigues

Após a morte de um adolescente em bloqueio policial em Ponta Porã, a Polícia Militar se manifestou e afirmou que vai instaurar inquérito para apurar o caso.

Veja Mais
Garoto é morto por policial militar ao fugir de abordagem na fronteira
Ministério da Agricultura cede espaço para armazenamento de produtos rurais

O policial foi afastado das atividades de rua, como abordagens e diligências, até que passe por avaliação psicológica. O inquérito militar deve durar 30 dias.

O jovem de 17 anos foi atingido por um tiro, disparado por um soldado que participava do bloqueio, na noite de terça-feira (21), na rua Pedro Ângelo da Rosa.

Segundo a nota, uma guarnição do 4º Batalhão fazia a operação por volta das 23h45, quando deram ordem de parada a quatro jovens em duas motos. Dois deles se recusaram, e o que estava na garupa desceu e tentou fugir.

O condutor continuou na moto e teria arrancado para cima do soldado, que teve que pular para não ser atropelado, e logo em seguida atirou contra a moto, acertando o adolescente. A equipe saiu em diligências para encontrar o jovem que tentou atropelar o policial.

Próximo dali, eles localizaram o rapaz caído ao lado da moto, ferido. A própria polícia o levou para o hospital, onde não resistiu aos ferimentos e morreu. De acordo com a nota, o soldado se apresentou espontaneamente na delegacia, onde entregou a arma usada.

Garoto é morto por policial militar ao fugir de abordagem na fronteira
Um adolescente de 17 anos foi morto por um policial militar na noite dessa terça-feira (21), ao fugir de uma abordagem, na rua Pedro Ângelo da Rosa, ...
Crescimento populacional eleva repasse federal para 4 cidades de MS
As prefeituras de Angélica, Nova Andradina, Paranhos e Três Lagoas, terão aumento em 2017, no repasse do FPM (Fundo de Participação dos Municípios), ...



Se ele tentou fugir boa coisa não era e ainda atentou contra a vidas dos policiais. Esse país é uma merda mesmo, em Países de verdade essa atitude é digna de reconhecimento por parte da sociedade. Parabéns sr. Policial. e Boa Sorte ae
 
Giullyano Rocha em 23/05/2013 09:03:25
Essas leis tem que mudar, a população clama pela diminuição da maioridade, enquanto esses infratores estiverem sendo chamados de adolescentes, assistiremos de camarote uma inversão de valores.
 
Alessandra Batista em 23/05/2013 04:27:15
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions