A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

18/12/2011 15:31

PMA prende assentado com pescado irregular e 500 m de rede de pesca

Fernando da Mata*

Além da rede e dos dez quilos de pescado, os policiais apreenderam duas tarrafas em um distrito de Rio Brilhante

Material apreendido pela PMA (Foto: Divulgação/PMA)Material apreendido pela PMA (Foto: Divulgação/PMA)

A PMA (Polícia Militar Ambiental) prendeu, na tarde de sábado (17) um homem que praticava pesca predatória durante a Piracema no distrito de Prudêncio Thomaz, em Rio Brilhante, a 163 quilômetros de Campo Grande.

Segundo a PMA, com o suspeito, que mora em um assentamento, foram apreendidos dez quilos de pescado, sendo vários exemplares fora da medida permitida pela legislação, 500 metros de redes de pesca e duas tarrafas. O pescado estava em um freezer.

O pescador foi encaminhado com o material apreendido para a Delegacia de Polícia Civil de Rio Brilhante. Além de responder por crime ambiental, o assentado também foi multado em R$ 920.

Alerta - De acordo com a PMA, a única pesca permitida durante a Piracema na bacia do Rio Paraguai e nos rios de domínio do estado da Bacia do Paraná é a pesca de subsistência.

Nas lagoas das usinas do rio Paraná, pode haver a captura de 10 quilos mais um exemplar de peixes exóticos e não nativos da bacia, tais como: tucunaré, corvina, tilápia, bagre africano e porquinho.

(*) Com informações da PMA




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions