A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

04/11/2013 08:31

PMA prende empresário paulista com 29 kg de pescado ilegal

Vinícius Squinelo

Uma equipe da Polícia Militar Ambiental de Costa Rica, que trabalha na operação “Pré-piracema” prendeu ontem pela manhã um empresário de Ribeirão Preto (SP) por pesca e transporte de produto da pesca predatória.

Veja Mais
Dupla é presa e confessa ter matado homem a pedradas e garrafadas
Pajero com 5 passageiros sai da pista, capota e “sobe” em poste de energia

A PMA abordou, na rodovia MS-359, um veículo Toyota Hilux, conduzido pelo empresário, de 43 anos e encontrou em duas caixas de isopor 22 exemplares de peixes da espécie pacu, pesando 29 kg, sendo 10 exemplares fora da medida permitida.

O paulista afirmou ter capturado o pescado no rio Taquari, na região de Silvolândia, no município de Coxim e estaria levando para sua residência. Além de peixe fora da medida, o pescado estava acima da cota permitida pela legislação, que é de 10 kg mais um exemplar e cinco piranhas por pescador. O infrator foi multado administrativamente em R$ 2,6 mil.

A PMA apreendeu o veículo e o pescado ilegal. O pescador recebeu voz de prisão e foi conduzido, juntamente com o material apreendido, à Delegacia de Polícia Civil de Costa Rica, onde ele foi autuado em flagrante por pesca e transporte de produto da pesca predatória e saiu depois de pagar fiança. A pena para este crime é de um a três anos prisão. O pescado será doado a instituições filantrópicas depois de periciado.

Ontem a PMA já havia prendido dois turistas paulistas com 78 kg de pescado, inclusive, um deles também residia em Ribeirão Preto.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions