A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

09/12/2014 16:11

Polêmico na gestão de Bernal, ex-secretário assume estratégia do SUS

Helio de Freitas, de Dourados
Ivandro Correa Fonseca vai cuidar da regulação de vagas em hospitais e controle de serviços médicos (Foto: Cleber Gellio/Arquivo Campo Grande News)Ivandro Correa Fonseca vai cuidar da regulação de vagas em hospitais e controle de serviços médicos (Foto: Cleber Gellio/Arquivo Campo Grande News)

O ex-secretário de Saúde de Campo Grande na administração de Alcides Bernal, Ivandro Corrêa Fonseca, agora trabalha na Secretaria de Saúde de Dourados, a 233 km de Campo Grande. Ele foi nomeado em cargo de segundo escalão, com efeito a contar a partir de 1º de dezembro.

Veja Mais
Ivandro invadiu sala e comandou abusos em funcionárias e advogada
Novo secretário diz que não viu os R$ 42 milhões deixados por Ivandro

Ao Campo Grande News, o secretário de Saúde de Dourados, Sebastiao Nogueira Faria, informou que Ivandro está trabalhando na diretoria de Ação Estratégica do SUS (Sistema Único de Saúde). Conforme Sebastião, o novo auxiliar vai atuar em vários setores, em especial na área hospitalar, central de regulação de leitos e controle de serviços médicos/hospitalares. Ivandro é formado em administração.

“Fiquei amigo do Ivandro quando ele era secretário de Saúde de Campo Grande. Com sua saída da secretaria eu o convidei para vir para Dourados e participar das mudanças que estamos implementando aqui. Fiquei muito contente por ele ter aceitado o convite. Ele tem muito a contribuir por sua experiência”.

Sebastião Nogueira tem grandes desafios pela frente em 2015. Precisa colocar a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) para funcionar e melhorar o atendimento do Hospital da Vida, cuja administração a prefeitura assumiu em setembro deste ano. Também terá de fazer mutirões de cirurgias eletivas e para isso será preciso contratar médicos particulares através de licitação.

A UPA está pronta há dois anos, mas a prefeitura ainda não tem dinheiro para bancar os custos de operação. Recentemente o governador André Puccinelli anunciou que assinará neste mês um convênio, com validade até dezembro de 2015, para repassar R$ 500 mil por mês para ajudar a prefeitura a custear o funcionamento da UPA.

Ivandro Fonseca foi um dos secretários mais polêmicos da gestão Bernal na Capital e até trocou farpas com a oposição em decorrência da falta de medicamentos nos postos de saúde da Capital.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions