A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

08/04/2014 08:15

Polícia busca dois "chefões" de crime organizado no Paraguai

Graziela Rezende
Operação em Mundo Novo contou com 55 agentes da PRF e homens do Gaeco. Foto: Divulgação PCOperação em Mundo Novo contou com 55 agentes da PRF e homens do Gaeco. Foto: Divulgação PC

A Polícia ainda caça os “chefões” da quadrilha que atua na fronteira do Estado, após seis dias da operação “Prometeu” em Mundo Novo, a 476 quilômetros da Capital. Segundo o promotor Marcos Alex, responsável pelas investigações, o pedido de prisão preventiva já foi realizado, sendo que um deles é filho do presidente da Câmara Municipal do município. No entanto, 21 prisões já foram realizadas em Mundo Novo, Iguatemi e no Paraná.

Veja Mais
Operação contra crime organizado prende 18 que atuam na fronteira
Homem é preso com maconha escondida em banco de carro na MS-134

“Efetuamos as prisões e os envolvidos estão no presídio de Segurança Máxima de Naviraí, por uma questão de logística. Eles já foram ouvidos e possivelmente 11 serão liberados, por colaborarem com as buscas. Já os chefes, que possivelmente estão em território paraguaio, possivelmente terão a prisão preventiva decretada”, afirma o promotor.

Nesta terça-feira (8), uma série de documentos apreendidos e pedidos judiciais estão sendo analisados pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado). “Temos ainda que cumprir a prisão de oito foragidos e prender os chefões, sendo um deles identificado como o Cristialdo, vulgo “tal”. Este inclusive é bem conhecido por inúmeros crimes naquela região”, explica o promotor.

Suspeitos - Ao todo, 31 pessoas são suspeitas de integrar o grupo criminoso. Eles utilizavam carretas roubadas no contrabando de cigarros e tinham até máquina de contar dinheiro.

Foram apreendidos R$ 60 mil em dinheiro, uma carreta roubada, 10 armas de fogo, munições de diversos calibres e sete cheques.

Os presos até o momento são Antônio Viero, Alex Alexandre do Nascimento, Luciano Rodrigues Pires, Sérgio Mendonza de Oliveira, Vagner Candido dos Santos, Adriano Silva Santos, Edimar Henrique de Oliveira, Ednilso Vargas, Edmauro Vilson da Silva, Elizeu Cardoso dos Santos, Jefferson Cunha, José Carlos Barbosa da Silva, Willian Henrique Gomes dos Santos, Marcioley Cordeiro de Oliveira, Ruan Guilherme de Assis Oliveira, Vagner de Paulo Toledo, Jeferson Josoel dos Santos, José Pereira da Silva e Adriano Mariano de Souza Nascimento.

Foram presos no dia da operação. Outros dois, que não tiveram os nomes divulgados, foram presos no dia seguinte. Dez continuam foragidos, incluindo-se os dois chefões. 

A operação “Prometeu” faz alusão a um guerreiro titã considerado um defensor da humanidade, que rouba o fogo de Zeus e o devolve aos mortais, sendo castigado por isso.

Idoso sofre sequestro relâmpago por supostos vendedores na fronteira
Idoso de 61 anos e brasileiro, sofreu um sequestro relâmpago na manhã deste domingo (4), enquanto descia do seu veículo para realizar compras no lado...
Concurso Beleza Negra acontece na próxima sexta-feira em Dourados
A cidade de Dourados - que fica a 233 km de Campo Grande - recebe na próxima sexta-feira (9), a partir da 19h, a primeira edição do Concurso Beleza N...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions