A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

22/10/2012 13:13

Policia Civil atribui a fatos isolados ataques contra PMs

Luciana Brazil
Carro Fiat Uno ficou totalmente destruído. (Foto: Jornal da Nova)Carro Fiat Uno ficou totalmente destruído. (Foto: Jornal da Nova)

As ações criminosas contra policiais militares de Nova Andradina, registradas recentemente, são consideradas pela Polícia Civil, até o momento, como situações direcionadas. A PC negou que os ataques sejam contra toda a corporação. Há poucos dias, dois PM’s tiveram os veículos incendiados, e a esposa de um deles já havia sido sequestrada pouco tempo antes.

Veja Mais
Carro fica destruído após pegar fogo
Vereador é internado após AVC e boatos de morte causam confusão

O último caso aconteceu no sábado (20) quando o veículo Fiat Uno que pertencia à esposa de um policial militar foi incendiado. A mesma vítima foi sequestrada algum tempo antes.

No dia 24 de agosto o veículo de outro policial também foi incendiado. Até o momento, ninguém foi preso em nenhum dos casos, apenas o responsável pelo sequestro foi detido.

A PM divulgou uma nota onde repudia as ações e garante que não irá recuar diante dos ataques. O coronel Flávio Katumi, comandante do 8° Batalhão da Polícia Militar, afirmou que a polícia vai intensificar as investigações em ambos os casos e vai desenvolver um policiamento ostensivo e preventivo. O coronel Katumi afirmou que as ações não parecem ser coincidência.

Trecho da nota diz que “em momento algum a Polícia Militar irá recuar tampouco se amedrontar com alguns acontecimentos que vem ocorrendo no município envolvendo policiais militares ou familiares”.

 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions