A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

12/06/2015 10:09

Polícia Civil deve ouvir 5 testemunhas para saber causas de acidente na BR-262

Luana Rodrigues
O motorista do carro ficou preso às ferragens e morreu minutos depois (Foto: Marcos Ermínio)O motorista do carro ficou preso às ferragens e morreu minutos depois (Foto: Marcos Ermínio)

A Polícia Civil de Terenos aguarda resultados da perícia para identificar as causas do acidente entre um veículo e uma carreta que carregava 29 toneladas de cimento, na BR-262, próximo a rotatória da Ponte do Grego na entrada para a cidade. Testemunhas também estão sendo ouvidas pelos policiais, que querem saber se houve imprudência por parte de algum dos motoristas.

Veja Mais
Europeus querem boicote à soja por genocídio indígena, diz deputado
Corpo encontrado em rio é de trabalhador que desapareceu no domingo

João da Silva, de 60 anos, ficou preso às ferragens e morreu minutos depois de seu carro ser atingido pela carreta, que seguia sentido Campo Grande e acabou colidindo com o lado esquerdo do veículo, onde fica o motorista. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o carro foi arrastado por cerca de 80 metros.

Conforme a polícia, uma testemunha já foi ouvida. Outras cinco, devem prestar depoimento nesta semana. O engenheiro civil Daniel Matias Queiroz, 42 anos, conta que parou o veículo que conduzia na rotatória, quando o condutor do Ecosport tentou cruzar a rotatória, mas de maneira errada, seguindo para Aquidauana. “O carro não parou e fez o contorno incorreto”, afirmou.

Daniel acionou a Polícia Militar, que encaminhou equipe dos Bombeiros e a Polícia Rodoviária Federal até o local do acidente, para auxiliar no resgate. De acordo com Daniel, ele até tentou conversar com a vitima, enquanto ela estava presa entre as ferragens.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions