A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

12/08/2011 19:42

Polícia Civil fecha fábrica de cachaça clandestina em Coxim

Ana Paula Carvalho
Os policiais encontraram mais de 30 caixas de pinga embalada. (Foto: Site Edição de Notícias)Os policiais encontraram mais de 30 caixas de pinga embalada. (Foto: Site Edição de Notícias)

Por volta das 19h desta sexta-feira (12) a Polícia Civil fechou uma fábrica clandestina de cachaça em Coxim, município distante 260 quilômetros de Campo Grande.

Segundo o delegado responsável pelo caso, Amylcar Romeiro, as investigações começaram na quarta-feira quando um homem registrou um boletim de ocorrência por apropriação indébita. Ele relatou aos policiais que arrendou uma fábrica de pinga a um homem, e, que após o término do contrato, o arrendatário deixou a fábrica, levando vários equipamentos.

Com as investigações, os policiais chegaram a uma residência no bairro Senhor Divino, na periferia do município, onde funcionava a fábrica irregular. No local havia quatro tonéis com aproximadamente 200 litros de pinga cada um, e mais de 30 caixas de corotinho. Ao todo, foram encontrados mais de mil litros.

O proprietário da residência, Evangelista de Souza Lopes, 40 anos, será indiciado por apropriação indébita e pelo crime contra as relações de consumo.

Na residência também foram encontradas duas espingardas que pertencem ao filho de Evangelista. Alex Rodrigues de Souza, 22 anos, será indiciado por posse ilegal de arma.

(Colaborou Sidney Assis de Coxim)




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions