A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

15/07/2011 17:46

Polícia começa desmanchar quadrilha de furto e roubo de gado no Pantanal

Viviane Oliveira
O lugar é longe é de difícil acesso. (Foto: Polícia Civil)O lugar é longe é de difícil acesso. (Foto: Polícia Civil)

A Polícia de Corumbá investiga uma rede criminosa especializada em furto e roubo de Gado no Pantanal. Uma parte da quadrilha foi desmantelada no final da semana passada com a prisão de três pessoas na região do Paiaguás.

Uma pessoa teve aproximadamente 2 mil cabeças de gado furtadas num período de três a cinco anos. Responsável pelas investigações, o delegado de Policia Civil, Enilton Zalla, disse que já identificou os principais autores desse tipo de crime.

Eles estariam escondidos no meio do Pantanal, nas Colônias São Domingos e Cedro. O crime era lucrativo para o bando.

De acordo com o delegado, na semana passada recebeu uma vítima que contou que uma quadrilha havia roubado a fazenda dela, retirado várias cabeças de gado e que este grupo estava armado.

“Fomos até o local e tomamos conhecimento de quem eram as pessoas e que estavam trabalhando numa fazenda que fica cerca de uma hora e meia a cavalo do local”.

Enilton conta que entrevistou um por um e observeu que tinha um conjunto de 20 reses, prontas para a venda. "Comecei a observar contradições e percebi que o grupo tinha praticado sim o roubo na fazenda.

“Defini como roubo porque estavam armados e se manifestaram com as armas quando avistaram os peões da fazenda da vítima, foi roubo com uso de armas e concurso de pessoas e formação de quadrilha”, disse o delegado.

O flagrante foi configurado porque um boi tirado da fazenda da vítima estava no local. Três homens foram trazidos para a delegacia e autuados por roubo e formação de quadrilha.

Eles podem ficar até 8 anos presos se condenados judicialmente. O trio acusado acabou sendo liberado posteriormente por atender uma série de requisitos previstos em lei.

“Mas conseguimos desmantelar uma quadrilha, indiciei três pessoas e tem mais três para indiciar. Já foi um tiro no pé deles. Nas Colônias São Domingos e Cedro estão os principais autores desse tipo de crime, eles ficam lá”, afirma o delegado.

"Mas conseguimos desmantelar uma quadrilha, indiciei três pessoas e tem mais três para indiciar. Já foi um tiro no pé deles. Nas Colônias São Domingos e Cedro estão os principais autores desse tipo de crime, eles ficam lá", afirmou enfaticamente o delegado. (Com informações do site Diário Online)




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions