A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

31/07/2012 10:21

Policia estima em R$ 300 mil valor levado de passageiros de ônibus

Francisco Júnior
Vítimas estava  em quatro ônibus de turismo. (Foto: Cipó, de Bataguassu)Vítimas estava em quatro ônibus de turismo. (Foto: Cipó, de Bataguassu)

A Polícia de Bataguassu está levantando o valor roubado dos lojistas de Campo Grande e Dourados que seguiam para São Paulo em quatro ônibus de turismo na noite do último domingo (29), na BR-267.

Veja Mais
Ladrões usaram coletes da PF para fazer bloqueio e atacar ônibus
Empresa é multada em R$ 21 mil por transporte ilegal de etanol

De acordo com o delegado José Carlos Almussa, responsável por investigar o caso, levantamento preliminar aponta que foram levados pelo menos R$ 300 mil. “Nós ainda estamos apurando tudo o que foi levado, esse valor por ser maior”, explicou o delegado.

Conforme o delegado, cerca de 100 pessoas foram vítimas e serão ouvidas por carta precatória, já que não residem em Batagassu, município onde aconteceu o crime.

O delegado suspeita que o assalto foi cometido por uma quadrilha do Paraná especializada neste tipo de assalto. Mas ele não descarta o envolvimento de pessoas de Mato Grosso do Sul. “Eles sabiam da logística e estradas para rotas de fugas. Situação que indica envolvimento de gente daqui”, disse.

Os bandidos se passaram por policiais federais e atacaram os quatro ônibus. Eles estavam usando coletes com identificação da PF.

Os coletivos se encontraram em um restaurante às margens da BR-267, no distrito de Casa Verde, Nova Andradina. Os passageiros fizeram refeição no local e de lá saíram juntos à capital paulista.

Na altura do quilômetro 77 da rodovia o comboio parou porque havia bloqueio semelhante a feitos por policiais: cones, veículos com giroflex, homens com coletes balísticos escrito Polícia Federal e armados com pistolas, metralhadoras e fuzis.

Os passageiros contaram à Polícia Civil que dois homens entraram em cada ônibus e primeiramente afirmaram ser policiais e que procuravam drogas. Minutos depois, anunciaram o roubo. Neste momento, os passageiros começaram a viver momentos de terror. O comboio foi levado até estradas em meio a canaviais, às margens da BR. Lá, os comerciantes tiveram dinheiro, celular, objetos pessoais e até a roupa do corpo roubada. Muitos foram deixados só com peças intimas.

Após o roubo, os assaltantes trancaram as vítimas no bagageiro e mandaram que saíssem de lá só após duas horas.

À Polícia Civil foi informado que 94 pessoas foram vítimas da ação. Conforme relato delas, os assaltantes, de 10 a 15, ainda tinha rádios transmissores e entre os veículos utilizados estavam Honda Civic de cor preta, Saveiro de cor prata e Corolla de cor preta.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions