A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 22 de Fevereiro de 2017

16/04/2015 17:16

Polícia Federal deve começar investigar furto de agência bancária após o feriado

Mariana Rodrigues
Por ser um órgão ligado à União, a Polícia Federal deverá ficar responsável pelo caso. (Foto: Germino Roz/Nova News)Por ser um órgão ligado à União, a Polícia Federal deverá ficar responsável pelo caso. (Foto: Germino Roz/Nova News)

A Superintendência da PF (Polícia Federal) de Dourados vai investigar o furto à Agência da Caixa Econômica Federal de Nova Andradina, onde um grupo levou quase R$ 150 mil em dinheiro e cheques. Por ser um órgão ligado à União, a Polícia Federal deverá ficar responsável pelo caso a partir de agora.

Conforme informações da Polícia Federal, como o crime não foi registrado em flagrante, ele será avaliado normalmente, sendo direcionado para o setor de inteligência da Polícia Federal. O chefe da Delegacia da PF de Dourados, Leonardo de Souza Caetano Machado, já está com a denúncia e deverá instaurar o inquérito na próxima semana, após o feriado, assim como a distribuição do caso.

O chefe do setor de investigação da Polícia Civil de Nova Andradina, Luiz Quirino Antunes Gago, informou que o boletim de ocorrência registrado na Delegacia já foi encaminhado para a Polícia Federal, assim como as imagens que foram gravadas das ações do bandidos. O delegado informou que os bandidos foram visualizados em imagens gravadas pelo circuito interno de monitoramento do banco também em dias anteriores ao do roubo.

De acordo com o delegado, a quadrilha pode estar envolvida em outros crimes, mas acredita que esse seja o primeiro em Nova Andradina, pois até o momento ele não havia registrado casos semelhantes. "Trata-se de uma quadrilha que aparentemente é especializada nesse tipo de ação devido a forma e agilidade como agiram no momento do crime", disse o delegado.

Luiz informou ainda que o boletim de ocorrência foi registrado na terça-feira (14), mas o roubo foi realizado na segunda-feira (13).

Caso - Cinco homens entraram no prédio da Caixa Econômica Federal e causaram muito tumulto, quatro deles se dirigiram até os caixas de atendimento e o quinto membro do grupo teve acesso à área onde apenas funcionários do banco são autorizados a entrar e nesse local estariam os envelopes de depósitos. O crime foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Nova Andradina como furto. 

A ação ocorreu por volta das 10h. Na sala de acesso restrito, o criminoso encontrou os envelopes de depósitos feitos por clientes do banco. O assaltante roubou todo o valor, que totalizou R$ 149.190,77 em cheques e dinheiro.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions