A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

07/10/2015 18:52

Polícia identifica ossada encontrada por biólogos da Petrobras

Mariana Rodrigues
Pedro Henrique Martins de Souza, 16 anos, estava desaparecido há mais de 30 dias. (Foto: Divulgação)Pedro Henrique Martins de Souza, 16 anos, estava desaparecido há mais de 30 dias. (Foto: Divulgação)

O SIG (Setor de Investigações Gerais) da Polícia Civil de Três Lagoas - distante 338 km, identificou como sendo de Pedro Henrique Martins de Souza, 16 anos, a ossada encontrada por duas biólogas da Petrobras na noite de ontem (6).

Veja Mais
Biólogos da Petrobras encontram ossada que pode ser de adolescente
Catador de reciclado encontra ossada humana carbonizada em terreno

Segundo o delegado responsável pelo caso, Thiago Passos, a polícia chegou até o reconhecimento do adolescente após análise da arcada dentária da vítima. O menor havia sumido há pouco mais de 30 dias.

Ainda conforme o delegado, Pedro Henrique morreu por morte violenta, aparentemente sem o uso de arma de fogo. "A arma utilizada ainda não foi identificada, estamos aguardando o laudo pericial, mas não descartamos morte por asfixia".

A polícia trabalha com duas linhas de investigação. De acordo com o site Três Lagoas Notícias, a primeira delas é que o jovem havia gravado um vídeo em seu aparelho celular contendo cenas íntimas com uma jovem que seria namorada de um membro de uma facção criminosa, ao divulgar o vídeo, ele teria sido ameaçado de morte.

A segunda linha de investigação trabalha com a hipótese de uma queima de arquivo, já que meses atrás o menor havia participado de uma tentativa de roubo no bairro Paranapungá. Na ocasião, um policial militar que estava à paisana na casa teria matado dois bandidos e o menor conseguiu fugir. Ele teria sido morto na tentativa de evitar que ele contasse à polícia sobre quem seria os possíveis mandantes do roubo.

O delegado comentou que já fez algumas oitivas e diligências para saber os reais motivos da morte de Pedro Henrique. O delegado diz ainda que já tem alguns suspeitos, mas não vai divulgar para não atrapalhar as investigações.

A polícia pede que quem tiver informações sobre o crime ou supostos envolvidos, que entre em contato pelo telefone (67) 3929-1173. As denúncias são mantidas em sigilo e não é preciso se identificar.

Catador de reciclado encontra ossada humana carbonizada em terreno
Uma ossada humana carbonizada de aproximadamente 1,70 metros foi encontrada na tarde deste domingo(27), em um terreno baldio na rua Cunhatai esquina ...
Pescador encontra ossada humana em estrada vicinal de Campo Grande
Uma ossada humada foi encontrada na tarde de ontem (26) em uma estrada vicinal no prolongamento da Avenida Três Barras, em Campo Grande. De acordo co...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions