A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

29/07/2015 14:31

Polícia investiga furto em cemitério e prende homem por vender placas

Renata Volpe Haddad
Placas de bronze roubadas de cemitério foram encontradas em casa de homem que as vendia.(Foto: Giselli Figueiredo/Divulgação)Placas de bronze roubadas de cemitério foram encontradas em casa de homem que as vendia.(Foto: Giselli Figueiredo/Divulgação)

Homem de 56 anos foi preso ontem (28) pela Polícia Civil por receptação de diversas placas de bronze dos túmulos do Cemitério Municipal de Aquidauana, distante 135 km de Campo Grande. F.F.S, morador do Bairro Guanandy do município, confessou saber que as placas eram produtos de furto, mas mesmo assim, as vendia.

Veja Mais
Polícia prende quadrilha que furtava bronze de sepulturas em cemitério
Ladrões invadem cemitério, depredam túmulos e furtam adornos

De acordo com o site O Pantaneiro, os furtos acontecem há certo tempo, e na última semana, houve um arrastão no cemitério, quando foram levadas mais de 55 placas.

Segundo o funcionário responsável por cuidar do local, Daniel Cozer, conhecido como "Saravá", não há guardas no Cemitério Municipal, e os atos de vandalismo são comuns. "Durante a tarde, principalmente, sempre tem gente que entra aqui para usar drogas. Ainda bem que descobriram quem era, pois alguns familiares chegaram a pensar que os funcionários do cemitério estavam envolvidos no roubo”, ressalta.

Na semana passada, mais 55 placas foram roubadas do cemitério de Aquidauana. (Foto: Giselli Figueiredo/Divulgação)Na semana passada, mais 55 placas foram roubadas do cemitério de Aquidauana. (Foto: Giselli Figueiredo/Divulgação)

 

Ao receber a denúncia do arrastão, a equipe do NIIC (Núcleo de Inteligência, Investigações e Capturas),comandada pelo delegado Antônio Souza Ribas Júnior, chegou ao nome de F.F.S. Na residência dele, foram encontradas várias placas de bronze, incluindo algumas furtadas de túmulos de nomes conhecidos de Aquidauana, como entes do prefeito Zé Henrique e do ex-deputado Roberto Orro.

O homem foi apresentado na Delegacia de Polícia Civil de Aquidauana, onde o caso está sendo investigado, para apurar, inclusive, a existência de uma suposta quadrilha. A Prefeitura de Aquidauana foi procurada para saber sobre o posicionamento do caso e a falta de guardas para vigiar o local, mas até agora não houve respostas do Executivo.

Polícia prende quadrilha que furtava bronze de sepulturas em cemitério
A Polícia Civil prendeu uma quadr1ilha que roubava bronze de sepulturas no cemitério municipal em Vicentina, a 255 quilômetros de Campo Grande. Os po...
Jovem cai em golpe de recarga premiada e deposita R$ 20 mil para estelionatário
Um jovem de 28 anos caiu no golpe da recarga premiada e depositou R$ 20 mil para estelionatários. Além disso, ele foi instruído a colocar R$ 50 de cr...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions