A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 20 de Fevereiro de 2017

06/05/2014 11:33

Polícia investiga tráfico e exploração em casa beneficiada por programa social

Graziela Rezende

Além de reincidir no tráfico de drogas, uma mulher de 29 anos está sendo acusada explorar sexualmente as filhas, todas menores de idade. O caso foi registrado na manhã desta terça-feira (6), por servidoras da prefeitura de Ladário, a 419 quilômetros da Capital.

Segundo as denunciantes, E.C. de S. vende, diariamente, entorpecente em um imóvel na rua Cambarú, no bairro Alta Floresta I.

As despesas da casa atualmente são pagas pelo programa social “Benefício Eventual de Auxílio Aluguel”, sendo que atualmente a situação está “insustentável” e os assistidos inclusive questionam as funcionárias sobre “como é possível o governo pagar aluguel para uma boca-de-fumo?”.

A mulher, conforme o B.O. 629/2014, ainda estaria dando moradia a um autor de furtos e roubos. Após diversas denúncias, as funcionárias decidiram comparecer a delegacia para pedir providências. O fato está sendo apurado.

 

Adolescente morre ao ser esfaqueado por cunhado durante velório
Jonardo Irala, 17, foi morto com uma facada na altura do peito durante discussão com o cunhado, enquanto participavam de um velório que acontecia na ...
Empresa terá de pagar R$ 30 mil à viúva de caminhoneiro morto em acidente
A viúva de um caminhoneiro de Nova Andradina, município a 300 km de Campo Grande, vai receber R$ 30 mil em indenização pela morte do marido, ocorrido...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions