A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

21/10/2013 19:54

Polícia ouve suspeitos de participar de quadrilha que vendia vagas na UFGD

Filipe Prado

Os envolvidos na suposta venda de vagas para o curso de medicina na UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) já foram ouvidos pelo delegado do SIG (Serviço de Investigações Gerais) de Dourados, Adilson Stiguivitis, responsável pelas investigações

Veja Mais
Com mandado em MS, PF combate fraude em diplomas de Medicina
Alunas são presas acusadas de pagar R$ 50 mil por vaga em Medicina

Os suspeitos foram ouvidos na tarde de hoje (21). Segundo informações extraoficiais, são 15 pessoas envolvidas no esquema, que cobrava R$ 50 mil para que interessados ingressassem no ensino superior público.

Ainda segundo o inquérito, o caso ainda está na fase de investigações e interrogatórios, e não tem prazo para ser finalizado.

O caso – No dia 15 de deste mês, três pessoas foram presas, acusadas comprar vagas para entrar no curso de medicina da UFGD. Fernanda Figueiredo do Amaral foi acusada de ser uma das articuladoras do esquema que comercializava as supostas vagas remanescentes.

O grupo pedia R$ 50 mil para que os interessados entrassem no curso. E somente dois dos seis alunos acusados foram presos, os outros estão sendo procurados pela polícia e há suspeitas que mais pessoas compraram as vagas.

Com mandado em MS, PF combate fraude em diplomas de Medicina
Com mandados de busca e apreensão em Mato Grosso do Sul e mais 13 Estados, a PF (Polícia Federal) deflagrou nesta sexta-feira a Operação Esculápio pa...
Marido agride esposa e se esconde da polícia na casa do pai
Após agredir a esposa, Gilmar Sousa, de 37 anos, se escondeu na casa do pai no assentamento Itamarati, em Ponta Porã – a 323 km de Campo Grande. Conf...
Homem é encontrado morto com marcas de tiro em calçada de casa
Um homem não identificado foi encontrado morto na madrugada deste domingo (11) em Dourados – a 233 km de Campo Grande. Conforme o Boletim de Ocorrênc...



cambada de marginais, a policia tinha que deixar presos esses, pois tem tanta gente estudando, fazendo cursinho caro para que esses facilita para os mais poderosos financeiramente isso sim que é uma vergonha que me da nojo desse pais.
 
walberty filiu da silva em 21/10/2013 22:06:51
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions