A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

05/02/2014 12:44

Polícia prende homem com 4,2 mil munições em Maracaju

Bruno Chaves
Munições foram despachadas em Ponta Porã e seguiam para Maracaju (Foto: Divulgação/PC)Munições foram despachadas em Ponta Porã e seguiam para Maracaju (Foto: Divulgação/PC)

Um homem de 41 anos foi preso nesta quarta-feira (5), em Maracaju, a 160 quilômetros de Campo Grande, por comércio ilegal de munições. Claudiomiro Calegaro foi flagrado ao buscar encomenda de 4,2 mil munições. Pelo material, ele pagou R$ 4,7 mil.

Veja Mais
Após deslizamento e risco a usuários, MS-295 é totalmente interditada
Justiça bloqueia bens de ex-prefeito e mais oito por fraude em licitação

Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Civil, a investigação sobre o comércio ilegal de munições começou ainda na terça-feira (4) durante operação policial feita pelo DOF (Departamento de Operações de Fronteira) e pela Força Nacional no Distrito de Vista Alegre.

Os policiais encontraram a carga de munição no bagageiro de um ônibus. Ao todo, eram 4,2 mil munições de calibres variados: 9mm, 380, .32 e .38. Todo o arsenal estava oculto em caixas de massa corrida. Segundo o motorista, a carga foi despachada de Ponta Porã para Maracaju.

Investigadores de Maracaju iniciaram diligências com o intuito de identificar a propriedade das munições. Hoje de manhã, Claudiomiro foi até a empresa transportadora para pegar a mercadoria despachada. Nesse momento, ele foi preso.

O acusado disse que comprou as munições pelo valor de R$ 4,7 mil com a intenção de montar uma loja de caça e pesca. Ele confessou que despachou as munições utilizando falsamente o nome de uma empresa de material de construção para enganar a fiscalização. Depois, ele iria redespachar as munições para outras cidades do estado até chegar ao destino.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions