A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 25 de Fevereiro de 2017

07/02/2011 23:59

Polícia prende na fronteira brasileiros com 57,9 kg de cocaína

Jorge Almoas

Ação desbaratou quadrilha, que tinha carro de luxo e enviava droga para São Paulo e Rio de Janeiro

No final de semana, agentes da Senad (Secretaria Nacional Antidrogas) do Paraguai prendeu um grupo de traficantes que agiam na fronteira entre Ponta Porã e Pedro Juan Caballero. Dois brasileiros foram detidos, acusados de chefiar esquema de envio de entorpecente para São Paulo.

A quadrilha começou a ser desmontada com a prisão do peruano Edwing Nicolás Pizzarro, de 34 anos, considerado um dos chefes do tráfico na fronteira. Com a prisão de Pizzarro, várias casas foram investigadas, à procura de esconderijos e pontos de vendas de drogas.

Em uma das casas, localizada na Rua Brasil, foi encontrada uma grande quantidade de cocaína. Ao todo, a droga pegou 57,9 quilos. No local, foram presos Gladis Andrea Duarte González, de 27 anos, companheira do peruano, e o cunhado de Pizzarro, Aacsalon González, de 21 anos.

Na casa, foram recolhidos 55 pacotes de cocaína e 25 quilos de um pó branco, possivelmente utilizado para aumentar o peso da droga. A Senad apreendeu ainda um Audi A3 e duas motocicletas Honda de 350 cilindradas.

Na segunda casa investigada, foram presos os brasileiros Marcelino Rojas Junior, de 27 anos – também conhecido como Marcelo ou Junior Brasileiro – e Taciano Silva, de 24 anos.

Taciano é apontado como gerente do tráfico. Ele era responsável por intermediar os negócios e efetuar o envio de droga para São Paulo e Rio de Janeiro.

A polícia paraguaia recolheu sete motocicletas de grandes cilindradas e um Gol, de cor amarela, onde foi localizada porção de cocaína utilizada para testar a pureza antes da venda.

Os presos foram levados até a base da Senad em Pedro Juan Caballero. Os agentes paraguaios solicitaram à Polícia Federal do Brasil que verificasse a existência de ficha criminal dos brasileiros presos.

Com informações do Capitan Bado

Apuração no HR conclui que não houve 'falha ética' em mortes no local
Uma investigação interna realizada pela direção do HR (Hospital Regional) de Ponta Porã - cidade localizada a 323 km de Campo Grande para apurar a mo...
Carreta da Justiça oferecerá serviços a partir do próximo dia 13
Carreta da Justiça, programa do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) que oferece serviços do judiciário de forma gratuita, chegará ao mun...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions