A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

26/09/2011 08:38

Polícia prende quatro homens por pesca predatória no Rio Paraguai

Vinícius Squinelo
Os 20 kg de pescado apreendidos apresentavam sinais de captura por petrechos proibidos pela lei (foto: Divulgação PMA)Os 20 kg de pescado apreendidos apresentavam sinais de captura por petrechos proibidos pela lei (foto: Divulgação PMA)

Em fiscalização no Rio Paraguai, Policiais Militares Ambientais de Porto Murtinho flagraram quatro homens utilizando petrechos proibidos para a pesca.

Veja Mais
Pistoleiro executa morador em acerto de tráfico de drogas na fronteira
Boliviana indiciada após tragédia com voo da Chape pede refúgio em MS

O grupo foi abordado ontem próximo à Fazenda Quebracho Brasil, enquanto estavam em uma embarcação. Com eles foram encontrados 20 kg de pescado com sinais de captura por petrechos proibidos de emalhar (redes de pesca).

Um dos pescadores assumiu que havia comprado o pescado do lado paraguaio, afirmando que o grupo não tinha capturado nenhum peixe. A Polícia Ambiental apreendeu o pescado e autuou todos os pescadores, residentes em Porto Murtinho, por transportar pescado proveniente da pesca ilegal.

Foram apreendidos um barco, um motor de popa e quatro carretilhas. Cada pescador foi autuado administrativamente e multado em R$ 1,1 mil. Eles responderão pelo crime ambiental de pesca predatória. A pena é de um a três anos de detenção.

Outra equipe da PMA, em conjunto com a Marinha do Brasil, retirarou do Rio Paraguai, em um trecho entre Porto Murtinho e o Destacamento do Exército Ingazeiro, quase 0,5 km de redes de pesca (petrechos proibidos), que estavam armadas no rio. Os autores da pesca predatória não foram localizados.

Boliviana indiciada após tragédia com voo da Chape pede refúgio em MS
A boliviana Celia Castedo Monasterio, indiciada pelo Ministério Público de seu país por ter autorizado o plano de voo da Chapecoense, com saída em Sa...
Hospital Universitário de Dourados alerta para golpe do falso médico
Falso médico estaria agindo em nome do HU-UFGD (Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados) e nesta segunda-feira entrou em co...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions