A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

07/10/2015 10:02

Polícia suspeita de ligação entre execuções de jovem e de dono de van

Motorista foi executado na manhã desta quarta a tiros de 7.65, mesmo calibre da arma usada na morte de dono de van, mês passado, no Jardim Água Boa

Helio de Freitas, de Dourados
Foto da CNH de Alexander Oliveira Silva, executado nesta quarta em Dourados (Foto: Sidney Bronka/94 FM)Foto da CNH de Alexander Oliveira Silva, executado nesta quarta em Dourados (Foto: Sidney Bronka/94 FM)
Cápsulas deflagradas de pistola calibre 7.65, usada no assassinato de motorista de van (Foto: Sidney Bronka/94 FM)Cápsulas deflagradas de pistola calibre 7.65, usada no assassinato de motorista de van (Foto: Sidney Bronka/94 FM)

A polícia de Dourados, cidade a 233 km de Campo Grande, tem mais um crime de pistolagem para investigar e dessa vez há indícios de ligação com outro crime, ocorrido no mês passado. O motorista Alexander Oliveira Silva, 21, morador no bairro Parque Nova Dourados, foi executado a tiros de pistola calibre 7.65, mesmo calibre da arma usada no assassinato de Toni Ednaldo dos Santos, 40, ocorrido no dia 24 de setembro. Toni era dono de van.

Veja Mais
Bandidos param van e matam motorista com nove tiros de pistola
Adolescente é detida ao tentar embarcar para o MT com identidade falsa e drogas

Até agora a polícia ainda não se manifestou sobre possíveis suspeitos do assassinato de Toni dos Santos. Ele foi morto sentado na sala de sua casa, no cruzamento das ruas Ediberto Celestino de Oliveira e Mozart Calheiros, no Jardim Água Boa, quando conversava com outra pessoa. O matador entrou, disparou seis tiros em Toni e saiu andando tranquilamente.

No crime desta quarta o pistoleiro também agiu com calma, segundo uma testemunha. Alexander prestava serviço para um hospital da cidade e fazia o transporte de funcionários quando foi morto. Ele pegou uma mulher com uma criança e estava parado na esquina, no bairro Dioclécio Artuzi, esperando outra passageira.

Nesse momento os pistoleiros se aproximaram numa moto. Um deles desceu e apontou a arma para Alexander, que pediu para o homem não tirar, pois tinha uma criança na van.

Sem demonstrar nervosismo, o homem pediu para a mulher deitar sobre a criança para não deixá-la ver o crime e disparou. Foram oito tiros nas costas e um do rosto de Alexander.

Peritos observam van onde motorista foi executado nesta quarta-feira em Dourados (Foto: Sidney Bronka/94 FM)Peritos observam van onde motorista foi executado nesta quarta-feira em Dourados (Foto: Sidney Bronka/94 FM)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions