A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 23 de Janeiro de 2017

09/09/2013 14:05

Policial de folga prende acusado de assassinato após ouvir tiros da execução

Bruno Chaves

Segundos após alvejar e matar a tiros Ademil da Silva, de 40 anos, Jovelino Ferreira Porto, de 38 anos, foi preso pelo escrivão Bruno das Neves Duarte, da Polícia Civil. O policial, que estava de folga, passava próximo ao bar, onde a vítima foi morta com um tiro na cabeça, quando ouviu os disparos e imobilizou o acusado. O crime ocorreu no sábado (7), por volta das 15h, em Água Clara, a 198 quilômetros de Campo Grande.

Ademil estava no bar com duas mulheres, Raquel e Nilda. Jovelino chegou ao estabelecimento e sentou-se na mesma mesa para tomarem cerveja juntos, já que eram conhecidos. Em determinado momento, Jovelino assediou Nilda e iniciou-se uma discussão entre ele e Ademil.

Os homens começaram a brigar quando Jovelino disse: “você está pensando que está mexendo com gente pequena, vou puxar teu bonde agora”. De acordo com a dona do bar, o autor saiu do carro com a arma de fogo em punho, deu um tapa na cara de Raquel e a jogou no chão. Em seguida, Nilda, que é irmã da vítima, tentou conversar com Jovelino, que se irritou e disparou contra o solo, próximo do pé da mulher.

Logo após, o autor mirou em direção a vítima e a alvejou com um disparo na região abdominal. Ademil levantou e tentou correr quando foi atingido por um novo disparo. A vítima tentou fugir novamente, porém foi alcançada e atingida por um tiro na cabeça.

Os policiais civis fotografaram o local do crime, recolheram a arma, cápsulas deflagradas, cápsulas intactas e projéteis que foram localizados no bar. A distância entre o local onde se iniciou a briga com os disparos e o local onde a vítima foi alvejada na cabeça é de 23 metros.

Ademil chegou a ser encaminhado ao hospital local com vida.

Segundo informações do Boletim de Ocorrências, Bruno e o investigador Junior Antônio da Silva estavam de folga e ajudaram no levantamento do local do crime.

Criança de três anos morre afogado em buraco deixado por empreiteira
Um menino de três anos de idade morreu afogado na tarde de ontem (22) em Dourados, a 233 km de Campo Grande. De acordo com a polícia, Ademir dos Sant...
Presos de Corumbá estão entre os alvos de operação em presídios
O Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) está dentro do presídio de Corumbá - a 419 km de Campo Grande. A ação faz parte ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions