A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 19 de Janeiro de 2017

26/07/2015 18:12

Policial militar e outros 2 são presos após confusão em prostíbulo

Luana Rodrigues

Um policial militar de 28 anos foi preso na madrugada deste domingo(26), após provocar uma confusão e realizar vários disparos de arma de fogo em um bar/prostíbulo, no jardim Guanabara, em Dourados - distante 233 quilômetros de Campo Grande.

Veja Mais
PRE apreende 345 kg de cocaína sendo transportados em caminhão na MS-154
Pela 3ª vez, transportador é flagrado levando carne sem nota de MS para o PR

De acordo com informações do registro de ocorrência, Rafael Gonçalves Farias, soldado da PM, estava com um amigo no local, quando acionou a polícia pelo telefone dizendo que havia sido assaltado, e que os bandidos haviam levado seu carro, um Fox Prata. Ao mesmo tempo, a PM(Polícia Militar) recebeu um chamado de uma pessoa desconhecida, informando que alguém havia disparado vários tiros no bar.

Quando chegaram no local, os policiais encontraram o soldado juntamente com Aluízio Aleixo das Chagas, 51 anos, que mantiveram a versão do assalto, mas estavam visivelmente embriagados e alterados.

Diante da situação e confusão no bar, outra equipe de policiais foi acionada e em conversa com testemunhas, foram informados que Farias chegou ao bar/ prostíbulo com Aluízio e um outro homem. Os três começaram a beber, quando, no momento em que o dono quis fechar o local, os autores ficaram bravos, sacaram arma e falaram que eram policiais.

Como estavam muito bêbados, as testemunhas conseguiram tomar a arma dos autores, que saíram correndo. Nesse momento as testemunhas ligaram para a polícia informando dos fatos e apresentaram a arma com as munições para os Policiais.

Foi dada voz de prisão tanto para o soldado Farias, quanto para Aluízio, pois nenhum dos dois confessou quem realmente estava portando a arma. O outro homem, de 26 anos, foi encontrado dentro do veículo Fox Prata , que o soldado disse que havia sido "roubado".

Os três foram encaminhados para a Depac(Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), onde foram autuados por porte ilegal de arma de fogo de uso permitido.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions