A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

19/07/2013 15:10

Polícias reagem aos ataques e abrem "guerra" ao contrabando e tráfico

Nadyenka Castro
Reunião nesta sexta-feira em que ficou definida a Operação Fronteira Integrada. (Foto: Divulgação)Reunião nesta sexta-feira em que ficou definida a Operação Fronteira Integrada. (Foto: Divulgação)

Em resposta aos ataques contra policiais rodoviários federais na fronteira com o Paraguai, a Segurança Pública reforça, a partir desta sexta-feira, o combate ao contrabando, descaminho e tráfico de drogas: É a Operação Fronteira Integrada.

Veja Mais
Após apreensão de cigarros, bandidos queimam carros de policiais
Idoso sofre sequestro relâmpago por supostos vendedores na fronteira

Esta é a quarta operação na fronteira neste ano. Por conta do reforço na segurança em áreas vizinhas ao Paraguai e à Bolívia, aumentou a quantidade de apreensões de ilícitos e o número de presos.

Com mais produtos e drogas sendo tirados de circulação, diminuiu o lucro de criminosos. Eles, então, passaram a atacar os policiais, como forma de intimidação.

O primeiro atentado foi em 24 de abril. Policiais federais da delegacia de Naviraí foram alvos de tiros. Os suspeitos são paraguaios, que escoltavam uma van com mercadorias estrangeiras, em Japorã.

No último dia 11, enquanto dois policiais rodoviários federais apresentavam uma apreensão de três carretas de cigarro na Delegacia da PF em Naviraí, tiveram seus veículos particulares queimados.

Para discutir ações de combate à fiscalização, o GGIFron (Gabinete de Gestão Integrada de Fronteira) se reuniu nesta sexta-feira em Naviraí e ficou definido a Operação Fronteira Integrada para combater crimes na região.

Participaram da reunião o secretário de Justiça e Segurança Pública, Wantuir Jacini, o Superintendente da PF, Edgar Marcon, o Superintendente da PRF , Ciro Ferreira, o delegado da Receita Federal de Campo Grande, Flávio de Barros. Todas as instituições estão envolvidas na ação, que conta também com a participação do DOF (Departamento de Operações da Fronteira).

Após apreensão de cigarros, bandidos queimam carros de policiais
Carros de dois policiais rodoviários federais foram queimados após os patrulheiros terem apreendido duas carretas e um caminhão lotados de cigarro co...
Idoso sofre sequestro relâmpago por supostos vendedores na fronteira
Idoso de 61 anos e brasileiro, sofreu um sequestro relâmpago na manhã deste domingo (4), enquanto descia do seu veículo para realizar compras no lado...
Concurso Beleza Negra acontece na próxima sexta-feira em Dourados
A cidade de Dourados - que fica a 233 km de Campo Grande - recebe na próxima sexta-feira (9), a partir da 19h, a primeira edição do Concurso Beleza N...



muito bem tem que reforçar a segurança nas fronteiras pq parece um zona esses paraguaios e esses traficantes que já temos no brasil são muito abusados tem que mexer no bolso mesmo desses marginais mas tem que reforçar o setor de inteligência dos policiais pq as vezes aprende 1 tonelada em um caminhão mas passa 5 toneladas atrás do caminhão que esta sendo revistado e outra deve se valorizar os policiais com um bom salario para que eles trabalhão honestamente sem se envolver por dinheiro nenhum desse traficantes sujos...
 
wagner roberto em 19/07/2013 21:32:59
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions