A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

31/10/2014 18:30

População comemora melhora no serviço de transporte coletivo

Priscilla Peres
Empresa oferece 25 ônibus novos para atender moradores da área rural e urbana. (Foto: Prefeitura Corumbá)Empresa oferece 25 ônibus novos para atender moradores da área rural e urbana. (Foto: Prefeitura Corumbá)

Os moradores de Corumbá - distante 419 km de Campo Grande, começaram essa sexta-feira com mais qualidade de vida. O motivo é a mudança da empresa responsável pelo serviços de transporte público coletivo, que colocou ônibus novos para atender a população tanto da área urbana quanto da rural.

Veja Mais
Jovem cai em golpe de recarga premiada e deposita R$ 20 mil para estelionatário
Lagoa transborda com temporal e alaga casas e ruas de cidade de MS

A empresa Viação Cidade Corumbá Ltda começou a atuar na cidade com uma frota de 25 veículos, todos zero quilômetro. Desse total, 18 são destinados para a área urbana, atendendo nove linhas, três a mais do que as estabelecidas anteriormente. Já na zona rural, outros três veículos percorrem o trajeto. Ainda há a reserva, onde quatro ônibus estão prontos para atender os trechos.

O prefeito Paulo Duarte (PP), afirma que a troca de empresa marca uma nova fase do município, pois o problema se arrastava há anos e trazia prejuízos para os usuários.“Corumbá, durante décadas, ficou a mercê de briga judicial, de interesse das empresas se sobrepondo aos do coletivo, aos da população. Para chegar esse dia foi muito difícil”.

Segundo informações da prefeitura, logo nas primeiras horas da manhã, na Estação Transbordo ao lado do antigo mercadão, na Rua Tiradentes, o fluxo de passageiros era intenso, de trabalhadores que chegavam do Guató, Guanã, Nova Corumbá, Cristo Redentor, Popular Nova, Popular Velha, Guanabara, Jardim dos Estados, Maria Leite, Dom Bosco, além de outros bairros, que, até ontem, acordavam logo cedo, para pegar o primeiro ônibus, para tentar chegar no horário de início do trabalho.

Foi o caso do trabalhador no ramo de hotelaria Matheus de Souza Leite. Morador no Bairro Maria Leite, ele desembarcou na Estação Transbordo com certa antecedência. “Peguei o ônibus as 06h30 pra chegar aqui as 7 horas. Foi dentro do horário. Antes, tinha que sair mais cedo de casa e, mesmo assim, atrasava. Isto era constante”, revelou. “Para não atrasar, muitas vezes tinha que pegar o ônibus de Ladário”, completou.

Uma boa parte dos usuários chegava na Estação Transbordo, desembarcava e seguia para o centro da cidade. Como o comércio abre às 08 horas, a alternativa foi aguardar na porta das lojas. Isto, até a última quinta-feira, 30, não ocorria. Geralmente o trabalhador chegava atrasado.

Outra integrante do grupo, Valdenice Vera, revelou que chegou a comprar uma bicicleta para não depender mais de ônibus e não chegar mais atrasada no serviço. “Que bom que esta nova empresa entrou na cidade. Graças a Deus isto está acontecendo”, celebrou.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions